Menu
Busca quinta, 21 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
PASSADA DE MÃO

Virginia e Lemes serão ouvidos em audiência

18 novembro 2015 - 14h25

A primeira audiência sobre a polêmica da “passada de mão” envolvendo os vereadores Maurício Lemes (PSB) e Virgínia Magrini (PP) acontece na tarde desta quarta-feira (18) no fórum de Dourados. A oitiva está marcada para as 14h30 no local.

A vereadora procurou a Delegacia da Mulher no dia 9 de junho afirmando que o colega de Casa teria passado a mão em suas nádegas durante sessão realizada um dia antes, na Câmara de Vereadores. O fato gerou medida de afastamento do parlamentar da Casa de Leis por 20 dias [relembre aqui](http://www.douradosnews.com.br/dourados/suspencao-comeca-a-valer-assim-que-publicada-no-diario-oficial).

O vereador Maurício Lemes negou a acusação e afirmou que teria tocado nas costas da vereadora, o que teria sido em momento de descontração.

A defesa do parlamentar havia até citado [falta de provas sobre a acusação](http://www.douradosnews.com.br/noticias/politica/defesa-de-lemes-alega-falta-de-provas-em-caso-de-passada-de-mao-em-vereadora), porém a comissão de ética da Casa de Leis analisou o caso e definiu pelo afastamento de suas atividades naquele período.

Relembre o Caso

O fato aconteceu no dia 08 de junho, durante a foto após a entrega de uma moção Câmara Municipal de Dourados. Na ocasião ela disse que chegou a pensar que fosse outro vereador, porém, depois que afirmou que denunciaria o caso, Maurício veio até ela e pediu desculpas.

Magrini registrou no dia seguinte (09), boletim de ocorrência na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher contra Lemes o acusando de ter passado a mão em suas nádegas,

Ao denunciar o ocorrido formalmente na casa de leis, na sessão seguinte o fato foi para votação por parte dos colegas que aprovaram o início das investigações por parte da Comissão de Ética de Decoro Parlamentar da Câmara. Na época, a deliberação do processo administrativo do artigo 20, do código de ética e decoro parlamentar foi apoiada por 15 vereadores na sessão.

Após analisar o fato, a comissão de ética da Câmara definiu pelo afastamento do parlamentar da Casa de Leis por 20 dias, medida que foi considerada por Virgínia com pouca severidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Treinadora faz balanço do período de preparação da Seleção Brasileira Feminina
ESPORTE
Treinadora faz balanço do período de preparação da Seleção Brasileira Feminina
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Projeto estabelece diretrizes para o plano nacional de vacinação contra a Covid-19
BRASÍLIA
Câmara instala nessa quinta comissão que vai revisar leis de combate ao racismo
RELAÇÕES INTERNACIONAIS
Bolsonaro cumprimenta Biden e divulga carta enviada ao novo presidente
ECONOMIA
Entidades consideram acertada manutenção da Selic em 2% ao ano
EDUCAÇÃO
AGU mantém na Justiça segundo dia de provas do Enem
CRIME AMBIENTAL
Homem leva multa de R$ 10 mil por construção de rancho em área protegida
GOVERNO DO ESTADO
Mesmo com vacina, população deve seguir em alerta sobre a Covid-19
EDUCAÇÃO
Ministro dá posse a novos reitores de três universidades federais
NA CAPITAL
Prefeitura de Campo Grande corrige e toque de recolher volta às 22h

Mais Lidas

DOURADOS
Promotor vê preconceito em comentários contra vacina para índios e denuncia à PF
DOURADOS
Mulher é presa acusada de dar cobertura para assaltantes que rendiam família
VILA ÍNDIO
Enfermeiro de 50 anos é primeiro vacinado contra Covid-19 em Dourados
DOURADOS
Dupla é presa após assaltar entregador em frente conveniência no Jardim Flórida