Menu
Busca terça, 27 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
FUNSAUD

Parte do duodécimo será usado para quitar dívidas de insumos e medicamentos

28 dezembro 2017 - 16h50

Parte das sobras do duodécimo devolvidas pelo Legislativo ao Executivo serão destinados à Funsaud (Fundação de Serviços de Saúde). A medida teve por finalidade possibilitar à Fundação quitar pendências financeiras com determinadas empresas que atenderam em regime de urgência, com insumos e medicamentos, garantindo o atendimento de final de ano com qualidade para população.

O valor repassado é de R$ 2 milhões. 

Conforme o diretor da Funsaud, Américo Salgado Júnior, as dívidas existentes começaram a ser quitadas já nesta quinta-feira (28). Ele cita que a ação possibilitará que os serviços do Hospital da Vida e da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) sigam normalmente neste final de 2017 e início de 2018.

O diretor cita que a Fundação conta com um déficit financeiro advindo desde 2016 e que os esforços da diretoria, da prefeita Délia Razuk e da Secretaria de Saúde têm sido constantes em busca de direcionar os recursos existentes da melhor forma possível no atendimento à população. Neste ponto, ele enfatiza, inclusive, sobre a Portaria 159 publicada no Diário Oficial do Município em novembro passado, declarando o estado de emergência administrativa e financeira da Funsaud.

“A gestão direcionou o pedido de emergência financeira e atuamos para trabalhar da forma mais eficaz, mesmo com esta situação; elencamos prioridades, sendo estas a folha de pagamento dos funcionários, os médicos, UTIs e primeiras necessidades. Essa é a meta inicial, até conseguirmos organizar a situação”, pontuou o presidente.

A UPA e o Hospital da Vida prestam atendimento à população de Dourados e mais 33 municípios. O presidente pontua que os custos são altos para manter os serviços e que a medida encaminhada pela prefeita veio ao encontro das necessidades, para a garantia das ações do HV e UPA.

Américo Junior cita ainda que as tratativas para obter maior apoio financeiro do Governo do Estado para as ações em saúde de Dourados continuarão em 2018 e destaca que a prefeita Délia Razuk e o secretário de Saúde Renato Vidigal têm realizado os encaminhamentos necessários para assegurar a qualidade dos serviços.

Os encaminhamentos desta quinta-feira foram amplamente debatidos com a Comissão de Crise da Funsaud, formada, conforme o artigo 4º portaria 159 de 17 de novembro de 2017, por representantes do Conselho Curador - membro da Secretaria de Saúde (Rafhael Henrique), médico indicado pela diretoria clínica (Majid Mohamed), Comissão de Higiene e Saúde da Câmara de Vereadores (Pedro Pepa), representante contábil, presidência da Funsaud (Américo Salgado Júnior), representante Jurídico (Luis Carlos Matos), representante da Prefeitura de Dourados (secretário de Finanças João Fava), representante da sociedade (Paulo Campione), representantes diretoria financeira e administrativa da Funsaud (Aritana Vallewein e Rosângela Midori) e, representante do departamento financeiro da Funsaud (Vanessa Souza).

A Comissão de Crise e as decisões tomadas por ela são para garantir total transparência das ações tomadas pela Fundação e com o total aval da prefeita Delia Razuk. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Universidade que descumpriu parcelamento deve indenizar estudante
ITAMARACÁ
Mãe procura filha que está desaparecida desde a última sexta-feira
DROGA
Nelsinho Trad vai à Rússia com carta de Bolsonaro pela liberdade de brasileiro
MEIO AMBIENTE
Fazendeiro é multado em R$ 7,2 mil por desmatamento ilegal de vegetação
NÚMEROS DA PANDEMIA
Brasil se aproxima de 158 mil mortes por Covid, com média de 442 por dia
PROVA
Segunda etapa do Concurso da Magistratura começa no próximo sábado
UEMS
Publicada 3ª Edição do Auxílio para Acesso Emergencial à Internet
BALANÇO
DOF apreende quase 3 toneladas de drogas, cigarros e armas na fronteira
ECONOMIA
Ministério diz que não prevê pagar 13º do Bolsa Família neste ano
CAPITAL
Soldado da FAB de 22 anos morre após colisão entre moto e carro

Mais Lidas

GRANDE DOURADOS
Cobertura de barracão de cerealista ‘voa’ com o vento; veja vídeo
DOURADOS
Guarda encerra festa organizada por adolescente em plena pandemia, apreende droga e até arma artesanal
DOURADOS
Délia decreta emergência por causa de danos provocados pela tempestade
TEMPESTADE
Chuva e ventos de 46km/h derrubam árvores e levam sujeira às ruas de Dourados