Menu
Busca sábado, 04 de abril de 2020
(67) 9860-3221

“Parque Arnulfo Fioravante exige um projeto visionário”, diz Mourão

27 fevereiro 2013 - 10h48

A situação de abandono do Parque Arnulfo Fioravante foi tema da sessão de ontem na Câmara Municipal de Dourados. A discussão foi levantada pelo vereador Marcelo Mourão (PSD), que além de ocupar a tribuna para tratar do assunto, encaminhou ao Executivo indicação para que seja feito “um projeto arrojado de revitalização e de utilização do parque”, conforme explicou o vereador.

O Parque Arnulfo Fioravante tem uma área de 70 hectares localizados na área central de Dourados. “Poucas cidades no Brasil possuem o privilégio de ter uma área tão grande e tão bonita no coração da cidade, como é o caso deste parque; mas da forma como ele está, hoje, é um cartão postal de péssima fotografia”, lamentou Marcelo Mourão.

Para Marcelo, o parque, que está localizado logo atrás do terminal rodoviário, por todo potencial que tem, merece “um projeto visionário e arrojado, que valorize todo potencial ambiental, turístico e de lazer daquele espaço”. Ele lembrou que o Arnulfo Fioravante teve o seu traçado feito pelo projeto do arquiteto e ex-prefeito de Curitiba, Jaime Lerner, e que “foi projetado para ser uma referência em urbanismo, lá na década de 70”, enfatizou.

“Eu sei que a Prefeitura, por meio do IMAM, desenvolve um projeto com estudantes ali, que a Guarda Municipal e a Polícia Militar fazem uso do local, mas sei também que é muito pouco diante das possibilidades que o parque Arnulfo Fioravante oferece”, salientou.

Marcelo Mourão assinalou que no site da Prefeitura o parque Arnulfo Fioravante não está listado como “atrativo turístico” de Dourados. “Não sei se por esquecimento ou de propósito, ele não consta no site oficial; lá estão o Antenor Martins, o parque dos Ipês, a Praça Antonio João, mas o Fioravante não está; queremos mudar isso, queremos que este parque figure entre os pontos turísticos de Dourados e que seja, de fato, uma referência”, destaca.

O vereador adiantou que vai iniciar conversas com “os setores da sociedade que podem contribuir para a elaboração de um grande projeto para o parque”, para oferecer à Prefeitura subsídios que ajudem na construção de um “projeto visionário, seja do tamanho do Fioravante”, sugeriu Marcelo Mourão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Polícia localiza jovem que estava desaparecida desde quarta-feira
POLÍTICA
'Médico não abandona paciente', diz Mandetta sobre eventual demissão
CAPITAL
Mulher vê filha ser estuprada pelo avô que também a violentou quando criança
COVID-19
Saúde de MS recebe seis mil testes rápidos para diagnóstico do coronavírus
FRONTEIRA
Polícia Militar apreende 327 quilos de maconha em dois veículos
Marie Claire
Ex-BBB20 Felipe Prior é acusado de violentar mulheres, diz revista
SEU BOLSO
Governo antecipa prazo final de saque do abono do PIS-Pasep
JUSTIÇA
Mulher ofendida por rede social será indenizada por dano moral
ESCOLTA
PRF realiza escolta no repatriamento de brasileiros vindos da Bolívia
SAÚDE
Estudantes da UFGD criam site para divulgar dados atualizados da covid-19

Mais Lidas

NOVA ANDRADINA
Hospital confirma três profissionais com coronavírus em unidade que atendeu idosa
CRIME AMBIENTAL
Pescador é flagrado com barco, motor de popa e petrecho de pesca
COVID-19
Familiares de casal que testou positivo para coronavírus em Dourados são monitorados
BOLETIM DA SES
Dourados registra mais um caso de coronavírus e MS tem 51 confirmações