Menu
Busca terça, 07 de julho de 2020
(67) 99659-5905
DOAÇÃO

Órgãos captados em Dourados vão salvar vidas em três Estados

24 janeiro 2020 - 16h50Por Wender Carbonari

Uma cirurgia de captação de órgãos foi realizada durante a tarde desta sexta-feira (24) na Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul), em Dourados.

Por volta das 15h, a doadora, uma mulher de 42 anos, identificada pelas iniciais L.O.G.S, foi levada para a sala de cirurgia para retirada dos dois rins, córnea e fígado. 

Uma equipe de São Paulo e outra da Santa Casa de Campo Grande chegaram de avião durante a tarde de hoje (24) para a realização do procedimento cirúrgico. Os órgãos serão transportados para Campo Grande, Vitória e São Paulo.

Com a ação autorizada pelos familiares, quatro pessoas foram previamente comunicadas da compatibilidade. A paciente estava internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da Cassems de Dourados diagnosticada com aneurisma cerebral. 

De acordo com informações a enfermeira da equipe da Santa Casa de Campo Grande, Rosana Maria dos Santos, repassadas ao Dourados News, os quatro órgãos citados já tinham destino definido antes da realização da cirurgia. 

Rosana detalhou que o rim direito será levado para Vitória, capital do Espírito Santo; o rim esquerdo e córnea para Campo Grande; e o fígado para São Paulo, capital.

As cirurgias desta natureza se estendem aproximadamente por quatro horas e podem envolver até 10 profissionais da saúde, entre médicos cirurgiões, enfermeiros e técnicos de enfermagens. 

A enfermeira explicou ainda que todo o trâmite tem que ser realizado com muita rapidez. O procedimento completo após o fechamento do acordo com os familiares do doador deve acontecer em um prazo máximo de 24 horas para a verificação de compatibilidade entre doador e receptor, transporte de equipes, cirurgia de captação, transporte e por fim o transplante dos órgãos. 

DESPEDIDA

Um aspecto importante referente a este caso é que a doadora se encontrava no setor de UTI da Cassems com a atividade dos órgãos mantidos com a ajuda de equipamentos do hospital. O óbito foi registrado apenas depois do processo cirúrgico.

Antes da entrada na sala de cirurgia foi feito um “cordão” de pessoas, entre profissionais e familiares. O momento foi de muita emoção. Na porta da sala, a família da doadora se despediu de L.O.G.S e alguns minutos de silêncio foram solicitados.


Deixe seu Comentário

Leia Também

CORUMBÁ
Empresa de alimentos é condenada por erro em emissão de nota fiscal
ECONOMIA
Em recuperação, faturamento da indústria cresce 11,4% em maio
MATERNIDADE
HU orienta sobre exame no recém-nascido durante o período de pandemia
ECONOMIA
Saldo da balança comercial de MS no 1º semestre cresce 28,27% e chega a US$ 1,99 bilhão
DOURADOS
MPF e MPT recomendam que hospital acelere abertura de novos leitos de UTI
RIO DE JANEIRO
Helicóptero de pequeno porte cai na Baía de Guanabara
PARANAÍBA
Carro furtado é recuperado abandonado em avenida
POLÍCIA
Homem é executado com cinco tiros em comércio de Coxim
NIOAQUE
Motorista bêbado é preso após tentar fugir de abordagem policial
ECONOMIA
Dólar fecha em alta nesta segunda-feira e vai a R$ 5,35

Mais Lidas

DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
Acusado de matar secretário em Dourados acaba preso em barreira sanitária
DOURADOS
Carro que atingiu ciclista pega fogo após bater em árvore ao lado de Avenida
DOURADOS
Adolescente pilota moto embriagado e tio morre após queda na Coronel Ponciano