Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
(67) 99659-5905
ARTIGO

O profissional de equitação para a equoterapia e nosso amigo cavalo

12 fevereiro 2020 - 08h48Por Denise Caramori

O cavalo é a razão de ser da Equoterapia, ele nos fornece motivação, base segura e uma fonte riquíssima de movimentos para o praticante. Você sabia que um cavalo executa aproximadamente de 50 a 60 passos por minuto, e, como são executados 12 movimentos em cada passo, em um minuto temos 720 movimentos? Sendo assim, uma sessão de Equoterapia com duração de 30 minutos torna-se um exercício bastante intenso para o praticante.

Um dos princípios mais importantes na prática da Equoterapia é a segurança física do praticante, e esta preocupação começa principalmente com a escolha e o treinamento do cavalo no que diz respeito ao seu comportamento e atitudes habituais, como circunstâncias que possam estressá-lo, sua índole e o conhecimento à respeito da sua história de vida.

Não existe uma raça específica de cavalo para a Equoterapia, para conseguirmos atingir objetivos terapêuticos, o cavalo deve ser treinado e atento aos sinais de comando, ser dócil, bem cuidado e bem alimentado. Cavalos que são considerados instáveis não devem ser aceitos para o propósito de reabilitação psicomotora ou física.

Um bom cavalo de Equoterapia tem características básicas de movimento e de temperamento, dentre elas:  possuir temperamento dócil e não ter sinal de medo ou ansiedade nos movimentos ao seu redor, gostar da proximidade do ser humano, tolerar mudanças de ambiente, objetos e sons estranhos, estar em dia com as vacinas, bem alimentado, saudável e limpo. 

Aqui está a importância do profissional de equitação para a Equoterapia, sendo um dos profissionais exigidos e indispensável como parte integrante da Equipe de atendimento equoterápico, pois é o profissional hábil à reconhecer situações de risco durante uma sessão de Equoterapia e conhecedor dos equipamentos especiais que serão utilizados na terapia. Tendo sempre em mente que o progresso não é uma consequência do movimento ou exercício e sim da maneira como o movimento ou exercício é executado, além de conduzir com alegria e eficiência a sessão persuadindo o praticante a exercitar-se.

É preciso e se faz necessário que os profissionais de Equoterapia tenham uma boa experiência equestre e se preocupem com a saúde e a limpeza dos cavalos não só durante o atendimento, mas antes e após a sessão, que estejam atentos no preparo e manutenção do estado dos animais do centro de Equoterapia.  

A interação ser humano/cavalo é um exercício de liderança, confiança e respeito, e o trabalho da Equoterapia está centrado na dedicação, determinação e sensibilidade, transformando vidas. 

Psicopedagoga/Terapeuta; Equoterapeuta/Equitadora - denicaramori@hotmail.com

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
TJMS condena réu de tentativa de furto por resistência e desacato
ECONOMIA
Petrobras bate recorde na produção de diesel menos poluente
PANDEMIA
Secretarias municipais devem encaminhar resultados de testes rápidos da Covid-19 à SES
CALIFÓRNIA
Corpo de atriz de Glee é encontrado por oficiais
REGIÃO
Adolescente é apreendido pela PM pela décima vez em 2020
BRASIL
Mourão diz que desmatamento foi além do aceitável na região amazônica
EDUCAÇÃO
Feira científica de MS abre inscrições para alunos da rede pública e privada de todo o Brasil
REGIÃO
Quatro são autuados pela PMA por pesca ilegal no rio Sucuriú
COTAÇÃO
Dólar fecha em alta atento a cenário externo
REGIÃO
Barraca de atendimento a suspeitos de Covid-19 é rasgada por vândalos

Mais Lidas

DOURADOS
‘Deus no comando amem’: antes de crimes, atirador postou pregação religiosa
BARBÁRIE
Homem assassina ex, atira em crianças e se mata no altar de igreja em Dourados
DOURADOS
Atirador baleou criança de quatro anos na cabeça ao abrir fogo para matar ex-mulher
DOURADOS
Atirador chegou em igreja na hora da comunhão e entrou dizendo ter feito bobagem