Menu
Busca quarta, 01 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Novo momento: Dourados atrai grandes empresas

19 dezembro 2012 - 16h10




Dourados vive um novo ‘boom’ de crescimento nos últimos dois anos, quando o prefeito Murilo Zauith (PSB) assumiu a prefeitura e pôs fim à instabilidade política, dando novo rumo à cidade. Como consequência, o município não para de atrair investimentos.



Um exemplo é a rede de lojas de departamentos Havan, que já deu inicio à construção de suas instalações de 10 mil m², na Avenida Marcelino Pires, ao lado do Terminal Rodoviário. O investimento é de R$ 20 milhões, com geração de 250 empregos e início de operação em abril.



Mas o “milagre” mesmo acontece nas pequenas empresas. Muitas lojas são abertas todas as semanas na área central e nos bairros da cidade, aquecendo a economia e ajudando a diversificá-la.



Para empresas de maior porte e sobretudo aquelas que exigem movimentação de caminhões, a BR-163, nas proximidades da cidade, virou uma vitrine. Somente no trecho entre o trevo de saída para Campo Grande e a Polícia Rodoviária Federal existem sete empresas em construção.



Entre elas estão as sedes da Scania (PB Lopes), da Mercedes Benz (Enzo Caminhões) e a da Stara, que fabrica tratores e implementos agrícolas. A Auto Peças Modelo está construindo uma moderna estrutura na beira da rodovia, mas sem fechar a loja do centro.



A Modelo também já abriu a sua filial de Campo Grande. Ou seja, ao contrário do que acontecia antes quando somente empresas da capital tinham filial em Dourados, hoje várias empresas médias de Dourados estão implantando filiais na capital. Empresas grandes, como Grupo Endo e Taurus, já têm unidades em Campo Grande há mais tempo.



Também na BR-163 está em construção a unidade da fábrica de carrocerias Usicamp (R$ 3 milhões e 100 empregos) e já funciona a Açomix, distribuidora da Arcelor Mittal, gigante do ferro e aço no mundo. O investimento em Dourados foi de R$ 3 milhões, com geração de 25 empregos.



Outros investimentos importantes em Dourados são a ampliação do frigorífico de aves, fábrica de alimentos e unidade de fomento da BRF (Brasil Foods), no valor de R$ 176 milhões, com geração de mais mil empregos, e a nova estrutura da Bio Rural (defensivos agrícolas), com investimento de R$ 9,6 milhões.



Na área imobiliária, onde ocorrem grandes expansões, há muitos projetos em andamento e milhares de obras independentes. A Plaenge, por exemplo, uma das maiores construtoras do país, deve implantar um condomínio vertical de quatro torres, acima de 20 andares. A Neopar vai lançar outro condomínio de classe superior e a Imobiliária Continental já vende lotes em condomínio lançado recentemente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Senado aprova extensão de auxílio de R$ 600 a mais de 30 categorias
JUSTIÇA
Dono de apartamento deve indenizar vizinhos em R$ 20 mil por infiltrações
BRASILÂNDIA
Bêbado, homem bate no enteado de seis anos, agride esposa e vai preso
CONCURSO
Ebserh publica edital para contratação de até 6 mil profissionais
SELVÍRIA
Polícia descobre falso site de leilões e recupera R$ 22 mil de golpe
AUXÍLIO
Bolsonaro assina lei que cria ajuda de R$ 600 a informais, mas veta 3 trechos
DISSEMINAÇÃO
Paraguai proíbe viagens de carro pelo país em prevenção ao coronavírus
ECONOMIA
Prazo para entrega da declaração do IR é prorrogado para 30 de junho
COVID-19
Familiares de casal que testou positivo para coronavírus em Dourados são monitorados
DOURADOS
Homem é preso após furtar produtos de supermercado no Flórida

Mais Lidas

REGIÃO
Ex-assessor de Mandetta é encontrado morto em apartamento na Capital
COVID-19
Primeiro óbito por coronavírus do Estado é registrado em Dourados
DOURADOS
Homem leva surra de populares e é detido por furtar dois veículos em Dourados
COVID-19
MS tem oito confirmações de coronavírus em 24h e suspeitos chegam a 51