Menu
Busca segunda, 20 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
DOURADOS

Negociações com prefeitura não avançam e greve na educação está mantida

14 julho 2014 - 17h30

Eduarda Rosa

As negociações envolvendo a administração municipal e os educadores não avançaram e a greve está mantida, segundo o Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação). Uma reunião foi realizada na tarde desta segunda-feira (14) no CAM (Centro Administrativo Municipal), porém, sem avanço.

De acordo com o presidente do sindicato, João Vanderley Azevedo, não houve melhora na proposta feita pelo Executivo. "A prefeitura tem até terça de manhã para nos apresentar uma proposta melhor, caso contrario manteremos a greve”, disse ao Dourados News. A assembleia está marcada para 7h30 da manhã.

Conforme a secretária de Educação, Marinísia Mizoguchi, será feito um estudo e será encaminhada uma proposta ainda nesta segunda ao Sindicato. E o reajuste que for acordado será contado como do mês de julho, que os educadores receberão retroativamente em agosto.

Segundo nota divulgada no site da entidade, a categoria vem reivindicando junto ao governo municipal o cumprimento do acordo de negociação salarial realizada em abril deste ano do quadro administrativo e do magistério, cumprimento da lei nacional do piso para o magistério, abertura de concurso público, alteração na lei de readaptação que prejudica os vencimentos dos trabalhadores readaptados, inclusão dos servidores administrativos no Plano de Cargos e Carreiras da Educação e garantir o direito de aposentadoria especial para coordenadores das escolas.

PROTESTOS

Na semana passada, servidores municipais da saúde realizaram uma manifestação na frente do CAM por conta, segundo eles, do não cumprimento de acordos de reajustes salariais e por cortes feitos na pasta.
Durante o ato, foi confirmada, após reunião com representantes da administração, uma reunião ainda esta semana com o prefeito Murilo Zauith (PSB).

Também na semana passada, o Sinsemd (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Dourados) aprovou indicativo de greve, alegando falta de diálogo com o atual gestor, abrindo a possibilidade de uma greve geral no município.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Conselho disciplina apuração de irregularidades em benefícios previdenciários
PREVID
Conselho disciplina apuração de irregularidades em benefícios previdenciários
MS registra nove óbitos e 337 casos de Covid no final de semana
PANDEMIA 
MS registra nove óbitos e 337 casos de Covid no final de semana
Barbosinha pede duplicação da avenida José Roberto Teixeira, em Dourados
JARDIM FLÓRIDA
Barbosinha pede duplicação da avenida José Roberto Teixeira, em Dourados
DOURADOS
Defensoria Pública lança disque denúncia para casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes
TRÊS LAGOAS
Acusado de 20 crimes, estelionatário volta a agir com máquinas avaliadas em R$ 30 mil
INTENÇÃO DE CONSUMO
Festas e presentes de Dia das Crianças devem movimentar mais de R$ 11 mi em Dourados
DOURADOS
Pedestre que foi atropelado por motociclista que não resistiu, morre no HV
BATAYPORÃ
Dois são presos furtando combustível em posto na MS-276
PARQUE ALVORADA
Venda de imóveis da União em Dourados não tem interessados
DOURADOS
Jovem tem casa furtada no Jardim Santa Herminia

Mais Lidas

'AMIGÃO'
Bêbado bate carro e deixa amigo ferido em canteiro
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
POLO INDUSTRIAL
Expansão industrial impulsiona investimentos logísticos em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina