Menu
Busca sexta, 17 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
ASFALTO

Murilo não quer obras de pavimentação interrompidas

23 setembro 2014 - 08h36

Com a largada das obras de asfalto em mais de 23 bairros de Dourados, com recursos contratados pela prefeitura junto à Caixa Econômica Federal, uma das preocupações do prefeito Murilo era com a possibilidade de interrupção do processo de pavimentação por conta da implantação de rede de esgoto e de água. Outro problema seria o corte do asfalto, depois de pronto, para ligações de água.

Por conta disso, Murilo se reuniu na semana passada com dirigentes da Caixa Econômica Federal, da Sanesul e de construtoras que executam obras de asfalto em Dourados, quando propôs um trabalho integrado entre as instituições envolvidas. A empresa de saneamento, de pronto, se comprometeu a desenvolver um trabalho com um cronograma semelhante ao da Prefeitura para que o asfalto não atrase.

Foi esclarecido na reunião que para que a capa asfáltica seja colocada é preciso a instalação das galerias pluviais, rede de esgoto e rede de água. Esse planejamento evita que o asfalto seja cortado, como ainda ocorre nos projetos de asfaltamento antigos, fazendo que a camada asfáltica dure muito mais. Até mesmo nos terrenos ainda sem construção já fica prevista as ligações de água e esgoto.

Durante quase duas horas de conversa, todas as dúvidas foram sanadas. O secretário de Planejamento da Prefeitura, Luiz Roberto Martins, classificou a reunião como muito importante. “Acertamos detalhes para que as obras possam fluir bem. O prefeito Murilo quer entregar o asfalto para a população o mais rápido possível”, afirma.

O recurso de R$ 52 milhões é resultado de financiamento obtido pela Prefeitura na Caixa. Com isso, Murilo vai asfaltar quase 100% das ruas de terra nos bairros antigos, resolvendo um problema histórico. O recurso só foi obtido graças à austeridade administrativa implementada pelo prefeito, que resgatou a credibilidade de Dourados.

Pela Caixa participaram do encontro, José Luiz Silva, gerente da área de Governo, Rodrigo Cunha, coordenador da área de Infraestrutura e ainda técnicos das gerencias de negócios de Campo Grande e Dourados. Pela Sanesul participaram Edgar Bento, diretor de operações, Paulo Cesar Torraca, gerente regional de Dourados e técnicos.

O prefeito Murilo, que abriu a reunião, agradeceu a Caixa e a Sanesul pela parceria com a Prefeitura. O secretário de Planejamento e Jorge Hamilton Torraca, diretor de Infraestrutura, conduziram os trabalhos juntamente com o gerente de Governo da Caixa.



Deixe seu Comentário

Leia Também

TEMPO
Sexta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
RIO VERDE
Acusado de incendiar casa com a ex-mulher dentro é preso
MUDANÇAS NOS RELÓGIOS
Com crise hídrica, governo pede novo estudo sobre horário de verão
CAPITAL
Operação mira Facção Criminosa e cumpre mandados em presídio
POLÍTICA
Governo eleva alíquota do IOF para custear o novo Bolsa Família
Enquanto mãe trabalhava, avô estuprava menina de quatro anos
PRAZO
Inscrições para 8ª Mostra Audiovisual de Dourados seguem até dia 29
DOURADOS
Homem é preso na Vila Popular acusado de tráfico e porte ilegal
JUSTIÇA
Quatro anos depois, homem é condenado pela morte do cunhado
ECONOMIA
Caixa reduz juros do crédito habitacional na modalidade poupança

Mais Lidas

DOURADOS
Após denúncias, casal é preso por tráfico no Jardim Guaicurus
24 HORAS DE VACINA
Dourados terá 'viradão' da vacina para aplicar doses em cinco grupos
DOURADOS
'Trevo do DOF' terá viaduto de 40m e ficará pronto em oito meses
DOURADOS
Homem morre no hospital depois de ser atropelado na área central