Menu
Busca domingo, 25 de julho de 2021
(67) 99257-3397
DOURADOS

Multinacional não paga R$ 351 milhões à vista e juiz intima Santa Helena para compra de usina

Empresa sediada em Nova Andradina que propôs pagar R$ 557,7 milhões em 15 anos será intimada para formalizar contrato de alienação dos bens da São Fernando

15 junho 2021 - 09h35Por André Bento

O juiz César de Souza Lima determinou que a Energética Santa Helena, com sede em Nova Andradina, seja intimada para reforço de garantias e formalização do contrato de alienação dos bens da massa falida da usina São Fernando, em Dourados. A ordem foi na expedida na segunda-feira (14) porque a Millenium Holding Ltda não cumpriu o prazo para pagamento de R$ 351,6 milhões à vista, até 31 de maio. 

Em 17 de maio, quando determinou a intimação da Millenium Holding Ltda para efetuar o depósito judicial de R$ 351.650.000,00 ou apresentar a fiança bancária para o pagamento em até 180 dias, o magistrado já havia estabelecido que o descumprimento desses prazos faria a empresa Energética Santa Helena S/A ser declarada vencedora do leilão. 

Na decisão de ontem, o titular da 5ª Vara Cível de Dourados estabeleceu que a Energética Santa Helena também proceda com o reforço de garantia, com registro de hipoteca na matrícula n.º 4.026 da Circunscrição Imobiliária de Nova Andradina-MS. 

Segundo o juiz, a Millenium Holding Ltda “não efetuou o depósito à vista” e parecer da administradora judicial da São Fernando indica que além da multinacional não ter apresentado a fiança  bancária de instituições financeiras indicadas na decisão judicial, “os imóveis apresentados como garantias em substituição à fiança bancária tem matrículas, localizações e preços discutíveis (ausência de delimitação correta e preço diverso do de mercado)”. 

“Os bens ofertados supostamente pertencem ao espólio de Henrique Gomes da Silva, representado pela inventariante Jábica Biancardini e Silva. A inventariante nomeou procurador que substabeleceu poderes para firmar o Instrumento Particular de Declaração e concessão de Imóvel Próprio para Garantia Hipotecária Voluntária para terceiros. Ocorre que a outorgante da procuração faleceu em 28.3.2021 (f. 56.494). Deste modo, tal instrumento não tem validade para oferta de hipoteca a este juízo, eis que a outorgante dos poderes para dispor dos bens do espólio (inventariante faleceu)”, ponderou o magistrado.

Em outro trecho da decisão, ele aponta que as propostas de fianças apresentadas “não foram pelos bancos indicados pelo Juízo”. “Não fosse só e suficiente, as empresas que se propõe a ofertá-las (fianças) não são instituições reguladas, supervisionadas ou autorizadas pelo Banco Central, conforme se verifica no sítio eletrônico do Banco Central e demonstrado pela administradora judicial”. 

O magistrado também assinalou a premissa de melhor interesse dos credores “que optaram, em sua maioria por alienar os bens para a empresa Energética Santa Helena S/A (Santa Helena)”. 

Nesse ponto, citou manifestação favorável do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), maior credor da usina local, no processo número 0802789-69.2013.8.12.0002, em trâmite na 5ª Vara Cível da comarca. 

Conforme já noticiado pelo Dourados News, em 24 de maio a estatal requereu que o juiz reconsiderasse a decisão de 17 de maio, quando determinou a intimação da Millenium Holding Ltda para efetuar o depósito judicial de R$ 351.650.000,00 ou apresentar a fiança bancária para o pagamento em até 180 dias.

Segundo o banco, “a Energética Santa Helena S.A. conseguiu esclarecer a dúvida relativa ao valor da sua oferta, cujo valor total é de R$ 557.757,941,00”, razão pela qual é importante considerar que, “tendo em vista o gigantesco volume de créditos listados e a diferença entre as taxas de correção da dívida na falência e da proposta realizada pela Energética Santa Helena, a referida proposta teria maior valor nominal e, no fluxo de pagamentos, abarcaria um volume muito maior de créditos, representando inegável benefício a massa de credores”.

Para o juiz, “em condições mínimas de aceitabilidade, principalmente preço e garantias, a proposta seria aceita, contudo, com tantas divergências em relação à garantia e viabilidade, não há como se aceitar as ofertas de Millenium Holding Ltda”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é esfaqueado na Rua Monte Alegre e encaminhado em estado grave ao HV
DOURADOS
Homem é esfaqueado na Rua Monte Alegre e encaminhado em estado grave ao HV
ECONOMIA
Corumbá pagará 13º dos servidores de forma integral em dezembro
VACINAÇÃO COVID
Após risco de desabastecimento, Ministério promete enviar 10,2 milhões de doses nesta semana
"É uma vergonha": medalha de prata expõe racha no skate do Brasil
OLIMPÍADAS
"É uma vergonha": medalha de prata expõe racha no skate do Brasil
Após perseguição da PRF, motorista consegue fugir de flagrante de tráfico
POLÍCIA
Após perseguição da PRF, motorista consegue fugir de flagrante de tráfico
DOURADOS
Revoltados por morte de adolescente, populares atacam casa de acusado
PANDEMIA
Dourados tem 66% de ocupação e 15 vagas disponíveis de UTI Covid
PANDEMIA
Família quer que prefeitura assuma conta de R$ 130 mil de paciente que não conseguiu vaga em UTI
ESPORTE
Flamengo goleia São Paulo de virada no Maracanã pelo brasileirão
POLÍCIA
Acusadas de 'magia negra', mulher e filha de 11 anos são assassinadas a tiros

Mais Lidas

NAS REDES
Dourados 360°: imagem mostra a cidade de uma forma diferente; confira
CLIMA
Nova onda de frio pode provocar mínima de 0ºC em Dourados na próxima semana
DOURADOS
Enquanto rapaz viajava, casa é furtada no Água Boa e autores levam até o cachorro
DOURADOS
Jovem bêbado é preso dirigindo em 'zigue-zague' na Presidente Vargas