Menu
Busca terça, 31 de março de 2020
(67) 9860-3221

MS é sexto estado em solução de inquéritos de homicídios

04 janeiro 2013 - 18h45

No ano passado, a Polícia Judiciária de Mato Grosso do Sul concluiu 512 inquéritos de homicídios abertos até 2007. Com isso, o Estado atingiu a Meta 2 do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) com 94,3% de solução dos processos, ficando com a sexta posição do ranking nacional dos estados em conclusão de inquéritos. Os dados foram divulgados pelo Inqueritômetro, da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp).

O presidente da Comissão de Advogados Criminalistas da OAB/MS, Luiz Carlos Saldanha Rodrigues Júnior, representou a Seccional no lançamento da Meta 2 e acompanhou os trabalhos. O criminalista avalia positivamente os números, mas acredita que ainda faltam investimentos nas polícias judiciais.

“Essa Meta mostra o interesse judicial em solucionar os inquéritos de homicídios. Os números do Estado são considerados bons, mas precisamos comparar com os próximos anos para confirmar se houve crescimento nas soluções destes processos”, comentou Saldanha Júnior.

Até dezembro passado apenas os estados do Acre e Piauí atingiram os 100% na resolução de inquéritos de homicídios até 2007. Mato Grosso do Sul conta ainda com 31 processos como este em aberto.

Para Saldanha Júnior, o Estado ainda necessita de investimentos nas Polícia Judiciárias com a contratação de novos profissionais e compra de materiais. “Os números são bons, mas ainda esbarramos na falta de estrutura, pessoal e equipamentos para que os policiais possam realizar as investigações. Ouvimos, por exemplo, delegados de polícia se queixando das condições de trabalho”, comentou o presidente da comissão da OAB/MS.

Arquivamento de inquéritos de homicídios

O Inqueritômetro aponta ainda outro dado importante. Dos 512 inquéritos de homicídios abertos até 2007 e solucionados, 62% foram arquivados em Mato Grosso do Sul. Do restante, 35% foram denunciados e 3% desqualificados.

“O número é alto, mas tais processos foram arquivados a pedido do judiciário ou autoridade policial, para 'amadurecer' o inquérito ou busca de mais detalhes. Arquivar não significa que o inquérito foi abandonado”, explica Saldanha Júnior.

Os dados do inqueritômetro podem ser acessados [clicando aqui](http://inqueritometro.cnmp.gov.br/inqueritometro/home.seam).

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Jovem é detido em hipermercado após roubar carne, extensão, chinelo e escovas
PANDEMIA
Governo de MS estima perda de quase R$ 1 bilhão no orçamento estadual por causa do Covid-19
MATO GROSSO DO SUL
Decreto oficializa Vale Renda de R$ 240 por três meses com recursos da assistência social
Educação
Conheça a educação a distancia da Universidade Paulista UNIP, cursos reconhecidos pelo MEC, vestibular digital
FLAGRANTE
Jovens de Maracaju são autuados por tráfico de drogas em Dourados
Saúde e Bem-estar
Falando de Autismo
ÀS 13H
Dourados recebe 7 mil doses e retoma vacinação contra a Influenza nesta tarde
OPORTUNIDADE
SAD homologa resultado final do Processo Seletivo do Hospital Regional de MS
SAÚDE
Covid-19: 500 mil kits de teste rápido chegam ao Brasil
COVID-19
Estado deve poupar R$ 187 milhões após STF suspender parcelas da dívida com a União

Mais Lidas

FRONTEIRA
Acidente na MS-164 em Ponta Porã leva pai e filho a óbito
DOURADOS
Homem entra em veículo e anuncia assalto com arma de brinquedo; vídeo
DOURADOS
Homem leva surra de populares e é detido por furtar dois veículos em Dourados
NOTA PREMIADA
Lista de ganhadores já está disponível para consulta