Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

MPE faz "visita surpresa" para saber como anda oncologia no HV

19 setembro 2017 - 17h35

Em diligência, realizada ao Hospital da Vida, o Ministério Público de Mato Grosso do Sul, por meio dos Promotores de Justiça Etéocles Brito Mendonça Dias Junior, Fabrícia Barbosa Lima e Ricardo Rotunno realizaram acompanhamento dos serviços disponibilizados aos pacientes oncológicos no município de Dourados.

Durante a visita in loco, realizada no dia 31 de agosto, pelo Promotor de Justiça Etéocles Brito Mendonça Dias Junior, titular da 10ª Promotoria de Justiça de Dourados, verificou, de início, o estágio atual das obras de ampliação de leitos de enfermaria os quais serão disponibilizados para recepção e tratamento dos pacientes oncológicos. Segundo funcionários do Hospital, a obra está em fase final, e já nos próximos dias será possível abrigar os pacientes.

Na oportunidade da visita, o Promotor de Justiça entrevistou todos os pacientes e/ou familiares de pacientes oncológicos que se encontravam no hospital, sendo indagados sobre eventual permanência em corredores, falta de assistência médica e generalidades sobre os atendimentos, sendo que não obteve registro de reclamações graves.

Ademais, os pacientes e familiares informaram, em sua maioria, que os médicos oncologistas realizam visitas diárias, não sendo constatada negativa de atendimento ou demora excessiva na realização dos procedimentos necessários ao andamento do tratamento.

Ainda, quando da diligencia, o representante ministerial constatou irregularidades, como deficiência no serviço de Ouvidoria, bem como possível insuficiência de profissional psicólogo e assistente social.

Continuidade

Já no dia 4 de julho, os Promotores de Justiça Fabrícia Barbosa Lima, substituta legal da 10ª Promotoria de Justiça e Ricardo Rotunno, titular da 16ª promotoria de Justiça, realizaram outra diligência, sem prévio aviso, nas dependências do Hospital da Vida, para dar continuidade aos trabalhos do Ministério Público Estadual e verificar o atendimento, tratamento e funcionamento dos serviços disponibilizados no Hospital.

Durante a visita no Hospital, os Promotores de Justiça constataram a existência de dois pacientes oncológicos internados, bem como a disponibilização de três salas de enfermaria destinadas à oncologia, totalizando 14 leitos.

Em entrevista com referidos pacientes, ambos noticiaram que já tiveram o tratamento interrompido por falta de medicamento, mas que, atualmente, estão satisfeitos com o serviço prestado.

Por fim, os representantes ministeriais verificaram também que, no Hospital da Vida, estão sendo atendidos exclusivamente os pacientes com intercorrências e pacientes que necessitam realizar cirurgias, sendo que os tratamentos radioterápicos e quimioterápicos estão sendo realizados no CTCD – Centro de Tratamento de Câncer de Dourados.

De acordo com os Promotores de Justiça Ricardo Rotunno e Eteocles Brito Mendonça Dias Junior, na próxima segunda-feira (25/9), às 15 horas, será realizada, no auditório do Ministério Público Estadual de Dourados, uma reunião para discutir sobre a prestação do serviço de oncologia no município.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pai recebe vídeo de bebê sendo forçado a beber pimenta e denuncia
INFLUENZA
Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até 30 de junho
SAÚDE
Cartilha na língua terena informa sobre cuidados com a Covid-19
PAGAMENTO
Salário dos servidores estaduais estará dispinívels no dia 05 de junho
TRÊS LAGOAS
Polícia investiga morte de bebê de seis meses após queda de carrinho
ECONOMIA
Saque aniversário do FGTS poderá ser usado para garantir empréstimos
TRÁFICO
Polícia apreende 743 quilos de maconha que seguiria para a Capital
RECURSOS
Estado repassa R$ 6 milhões para auxiliar ações na saúde de Dourados
ECONOMIA
Novo Plano Decenal de Energia trará ajustes por causa da pandemia
DOURADOS
Bancários empossam nova diretoria no domingo

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
PANDEMIA
Comitê diz que Dourados não é epicentro do novo coronavírus e descarta lockdown