Menu
Busca terça, 27 de julho de 2021
(67) 99257-3397

MP investiga empresas por poluição em Dourados

23 julho 2007 - 12h28

O Ministério Público Estadual está investigando três empresas de Dourados que podem estar jogando na atmosfera produtos que estão causando um terrível mau cheiro. As empresas estão instaladas no Distrito Industrial e foram visitadas esta semana pelo promotor do Meio Ambiente Paulo César Zeni. Fiscais do IMAN (Instituto de Meio Ambiente de Dourados) acompanharam o promotor.

Foram vistoriados o sistema produtivo, a validade da licença ambiental e demais documentações das empresas. Informalmente alguns trabalhadores foram ouvidos para saber das condições de segurança, de higiene e de saúde deles.

O fiscal do IMAN Divaldo Machado disse ontem que o mau cheiro é mais freqüente nos dias que acontece a inversão térmica e no período de céu nublado. E que o cheiro é bem característico das empresas de produção de ração que trabalham com matéria prima à base de restos animais como ossos, vísceras, miúdos e sangue que são cozidos e transformados em ração e adubo orgânico.
Para Machado uma das maiores dificuldades é a falta de um equipamento para identificar o odor e sua intensidade. Mas ele garante que depois da conclusão dos laudos técnicos as empresas poluidoras serão notificadas e podem até ser multadas.

Os ambientalistas reclamam que quando foi dada a licença ambiental pelo Governo Estadual para o funcionamento das fábricas no Distrito Industrial alguns fatores não foram considerados e agora a população começa a sentir as conseqüências disso. A questão de emissão de odores é proibida por lei, mas quase sempre não é verificada, pois só começa a ser sentida quando a produção está a pleno vapor.

Uma das saídas apontadas para o problema é a instalação de filtros, mas que dependendo do caso o alto custo acaba inviabilizando a produção.

O maus cheiro verificado em Dourados nos últimos dias tem trazido problemas para vários setores da economia local, já que bares e restaurantes acabam perdendo clientes, pois nos dias mais críticos é praticamente impossível consumir alimentos devido ao forte cheiro. “Temos que explicar para os clientes que o cheiro não é do nosso estabelecimento e isso é constrangedor. Tem pessoas que se sentem mal à mesa. Levantam e vão embora”, disse Luiz Antonio Marques, gerente de um restaurante no centro da cidade.

O problema já chegou até a Câmara de Vereadores e a Associação Comercial e Industrial de Dourados. O vereador Edson Lima (PR) disse que com a entrada do Ministério Público no caso fica mais fácil descobrir o que está acontecendo já que as empresas do Distrito Industrial são regidas por leis estadual e a Câmara pouco pode fazer a não ser ajudar nas denuncias.
Segundo a Lei Verde caso sejam comprovadas que as empresas investigadas são responsáveis pelo mau cheiro as multas variam entre R$ 88 e R$ 440 mil, dependendo da gravidade. (Antonio Coca)




Deixe seu Comentário

Leia Também

Alerta aponta risco de rajadas de vento de até 60 quilômetros por hora
DOURADOS
Alerta aponta risco de rajadas de vento de até 60 quilômetros por hora
MS recebe 54.500 doses da vacina contra Covid hoje e 58.160 amanhã
IMUNIZAÇÃO
MS recebe 54.500 doses da vacina contra Covid hoje e 58.160 amanhã
No dia do motociclista, Agetran inicia campanha com foco nos moto entregadores
DOURADOS
No dia do motociclista, Agetran inicia campanha com foco nos moto entregadores
Governo libera todas as atividades, mas 'cor da cidade' vai definir limite de ocupações
PANDEMIA
Governo libera todas as atividades, mas 'cor da cidade' vai definir limite de ocupações
Dourados aplicou mais de 180 mil doses de vacinas contra Covid
IMUNIZAÇÃO
Dourados aplicou mais de 180 mil doses de vacinas contra Covid
MS
STJ reverte exclusão de candidato a policial alvo de oito inquéritos e uma ação penal
REGIÃO
Homem é flagrado escondendo celulares e relógios em pneu de caminhão na fronteira
PANDEMIA
Uma semana após ficar laranja, Dourados volta a ser pintada de vermelho pelo Prosseguir
PANDEMIA
MS apresenta queda no número de hospitalizados por coronavírus
REGIÃO
Motociclista é preso após realizar manobras perigosas

Mais Lidas

DOURADOS
Revoltados por morte de adolescente, populares atacam casa de acusado
POLÍCIA
Adolescente de 13 anos morre após ser atropelado no Estela Porã; motorista fugiu
DOURADOS
Homem é esfaqueado na Rua Monte Alegre e encaminhado em estado grave ao HV
ESTRELA PORÃ
Homem que atropelou e matou adolescente de 13 anos é preso em Dourados