Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
IPÊ ROXO

Motorista de aplicativo é assassinado a tiros em bairro de Dourados

06 março 2020 - 21h44Por Carlos Ferraz / Osvaldo Duarte

O motorista de aplicativo identificado como Negão, foi assassinado por volta das 20 horas desta sexta-feira, dia 06 de março, após ser baleado com dois tiros no peito, quando estava na rua Ignácia de Matos Brandão, no barro Ipê Roxo, periferia de Dourados. 

Segundo as primeiras informações a vitima estava em frente à casa da família, quando desconhecidos que estavam em uma caminhonete de cor preta efetuaram os disparos, que atingiram além do rapaz, um irmão dele com um tiro em um dos braços.

Ele foi socorrido ainda com vida por populares até certa altura, quando encontraram uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que o levou até o Hospital da Vida, mas ele não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COTAÇÃO
Dólar fecha em queda após bater R$ 5,60
INJÚRIA RACIAL
Mulher é chamada de “macaca" e "galinha preta de macumba” em cidade de MS
REGIÃO
Foragido da Justiça é localizado em feira e preso
IVINHEMA
Corpo de Bombeiros encontra homem morto em salão de beleza
K-POP
Fãs de banda sul-coreana já arrecadaram R$ 37 mil para combater incêndios no Pantanal
BRASIL
Pedidos de seguro-desemprego caem 9,3% na primeira metade de setembro
PRATA DA CASA
Atleta de MS tem chance de jogar na liga universitária de basquete dos EUA
LEGISLATIVO
Projeto cria o Código de Proteção aos Animais do Estado de Mato Grosso do Sul
MEIO AMBIENTE
Comissão quer convocar Salles para falar sobre ações no Pantanal
REGIÃO
Motociclista é preso após desacatar policiais

Mais Lidas

DOURADOS
Carro carregado com calhas capota após colisão e mulher fica ferida
PARANÁ
Traficante Elias Maluco é encontrado morto em presídio federal
PEDRO JUAN
Terror na fronteira: três veículos de luxo são incendiados em pontos distintos
PANDEMIA
Prefeitura e MPE entram em acordo para retorno das aulas presenciais na rede privada