Menu
Busca quarta, 12 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Mostra de arte índigena começa quinta-feira em Dourados

05 setembro 2004 - 07h35

Um encontro vai reunir, no Parque dos Ipês, em Dourados, o melhor do artesanato produzido por indígenas de cinco etnias. A mostra Mercado Étnico - Arte Indígena, Artesanato e Cultura Popular de Mato Grosso do Sul acontecerá de 9 e 12 de setembro e terá peças produzidas por guaranis (kaiowá e Nandeva), guatós, kadiwéus, ofayé-xavantes e terenas, além de material produzido por artesãos não-índios.O evento é realizado pela Oikos Cooperativa de Trabalho Socioambiental, de Campo Grande, em parceria com a Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo da Prefeitura de Dourados. A finalidade do evento, que promete ser o mais diversificado do artesanato no Estado, é estimular o desenvolvimento local e cultural, fomentando a troca de tecnologia, oportunizando a geração de trabalho e renda entre os grupos participantes.O segmento artesanal de Mato Grosso do Sul apresenta-se com design e tecnologia diferenciada pela rica diversidade cultural encontrada na região, porque o Estado originou-se a partir da mistura de povos, como paraguaios e bolivianos; migrantes vindo de diversas partes do país, e, sobretudo, as etnias indígenas que já habitavam a região. Historicamente Mato Grosso do Sul concentrou uma grande número de indígenas e hoje possui a segunda maior população de índios do Brasil, 31.069 pessoas. Muito dos costumes, manifestações artísticas e folclóricas têm raiz nos traços marcantes desse povo. Essas manifestações culturais eram repassadas pelos ancestrais, assim, perpetuando a arte por meio do tempo. Entre as diversas manifestações artísticas provindas deste povo é mais expressiva a etnografia indígena, isto é, símbolos expressos em formas e cores que variam de uma etnia para outra. Em grande parte do artesanato encontrado na região, tanto dos grupos indígenas, quanto dos não-índios pode ser encontrado este tipo de expressão artística. Outra influência para esta mistura de ritmo e de cores, e que expressa as peculiaridades da região é a harmonia com a natureza. Ela pode ser reconhecida na cerâmica, tecelagem, traçados, bordados e no paladar, a exemplo dos doces, comidas típicas e licores de frutas típicas da região.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BALANÇO
Balanço Lar do Idoso
FUTEBOL
Fluminense e São Paulo entram em campo hoje pela Libertadores
Quem já teve dengue tem mais chance de ter sintomas na Covid-19, indica estudo
SAÚDE & BEM - ESTAR
Quem já teve dengue tem mais chance de ter sintomas na Covid-19, indica estudo
Residência de idosa é invadida e ladrões furtam botijão, cadeira e tv
DOURADOS
Residência de idosa é invadida e ladrões furtam botijão, cadeira e tv
Cabo Almi apresenta melhora e pode ser extubado nas próximas horas
COVID-19
Cabo Almi apresenta melhora e pode ser extubado nas próximas horas
BELEZA & ESTÉTICA
Trabalha na área da Beleza e Estética? Veja como o Dourados News pode impactar no seu alcance
CONTRABANDO
Veículos carregados com mais de três mil pacotes de cigarro são apreendidos
REGIÃO
Polícia apreende comboio com nove veículos carregados de mercadorias ilegais
NEGÓCIOS & CIA
Tira dúvidas do IR 2021: prazo de pagamento, soma de rendimentos, pecúlio
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 27 milhões nesta quarta-feira

Mais Lidas

PANDEMIA
Levado pela Covid-19, "João da União" deixa legado para família e em Dourados
INDÁPOLIS
'Frio' e com roupa ainda suja de sangue, assassino de tio não mostrou arrependimento ao ser preso
DOURADOS
Homem morre no HV após acidente com condutor que empinava moto
PANDEMIA
Novo decreto mantém toque de recolher às 21h e autoriza abertura de cinema em Dourados