Menu
Busca terça, 19 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
PARLAMENTAR

Ministério da Integração libera R$ 2 milhões para pagamento de obras de asfalto em Dourados

21 dezembro 2015 - 18h35

O Ministério da Integração Nacional pagou a terceira parcela de recursos empenhados para obras de asfalto em Dourados. O valor liberado é de R$ 2 milhões, destinados à execução de pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais em diversos bairros de Dourados.

O recurso é fruto de emenda articulada pelo deputado federal Geraldo Resende no Orçamento Geral da União/2011 e direcionado para o Governo do Mato Grosso do Sul, responsável pela obra.

A gestão foi trabalhada desde o início pelo deputado Geraldo Resende. O valor total do recurso é de R$ 9,9 milhões e a contrapartida do Governo do Estado é de R$ 2 milhões, totalizando investimento em infraestrutura urbana em R$ 12 milhões.

Os recursos liberados são referentes ao pagamento de obras asfalto nos bairros Vila São Braz e Parque das Nações II (setor 1), Altos do Indaiá Jardim Oliveira I Jardim Oliveira II, partes da Vila Vieira, Vila Industrial, Vila Martins e corredor público (setor 2). Algumas dessas frentes de asfalto já foram concluídas, enquanto que outras estão em andamento e poderão ser agilizadas com a liberação desses recursos.

“Essas obras são importantíssimas, porque proporcionam uma melhora na qualidade de vida e no desenvolvimento dessas localidades. Afinal, o bem-estar social está ligado diretamente à passagem do asfalto e o fim do acúmulo de águas de chuva nas portas das casas. Por fim, é fundamental na valorização do imóvel e melhoria o aspecto visual das casas”, afirma Geraldo Resende.

Os bairros da periferia de Dourados têm recebido já algum tempo uma atenção especial do deputado Geraldo Resende, especialmente, para assegurar recursos em infraestrutura urbana. “Com a chegada do asfalto novo nesses bairros, vamos acabar de vez com os recorrentes problemas respiratórios que crianças e idosos sofrem com a terra e a poeira. Além disso, as obras para a implantação de drenagem de águas pluviais são primordiais para dar destinação correta a água da chuva, evitando a lama e alagamentos que tanto trazem prejuízos aos moradores”, afirmou Geraldo Resende.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Grupo prioritário: quase 600 indígenas em Dourados já testaram positivo para Covid
IMUNIZAÇÃO
Grupo prioritário: quase 600 indígenas em Dourados já testaram positivo para Covid
Dupla rouba celular, colide moto ao fugir da polícia e um morre
CAPITAL
Dupla rouba celular, colide moto ao fugir da polícia e um morre
Câmara acompanha início da vacinação contra a Covid-19 em Dourados
IMUNIZAÇÃO
Câmara acompanha início da vacinação contra a Covid-19 em Dourados
Idosa de 74 anos é a primeira a ser vacinada contra a Covid-19 em Caarapó
REGIÃO
Idosa de 74 anos é a primeira a ser vacinada contra a Covid-19 em Caarapó
Governo federal reconhece situação de emergência em 9 municípios
DESASTRES NATURAIS
Governo federal reconhece situação de emergência em 9 municípios
INCLUSÃO 
Rio Brilhante mantém professora no comando do Núcleo de Educação Especial
RODOVIAS
Após perseguição, policiais recuperam veículo roubado em distrito de MS
MERCADO DE TRABALHO
Federação estima criação de mil empregos em frigoríficos do Estado neste ano
DESCAMINHO
Motociclista é flagrado com 14 pacotes de cigarro de origem estrangeira
SAÚDE
Vacinação contra a Covid-19 já teve início em quase todo o país

Mais Lidas

DOURADOS
Morto por descarga elétrica pode ter tentado consertar portão
ACIDENTE
Homem morre após sofrer descarga elétrica em Dourados
DOURADOS
Comitê alerta para crescente da Covid e prefeito expede decreto com novas regras
DOURADOS
Em ação conjunta, polícia deflagra operação para investigar crimes