Menu
Busca segunda, 25 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
CONTINGÊNCIA

Microcefalia faz Dourados iniciar Plano contra o Aedes

20 janeiro 2016 - 12h23

Foi lançado na manhã desta quarta-feira (20), um Plano de Contingência, em Dourados, como forma de combater a proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da Dengue, Febre Chikungunya e Zika Vírus (doença nova, que pode causar microcefalia em bebês se a mãe for infectada durante a gestação). A ação conta com o apoio do Exército, que irá acompanhar os agentes e auxiliar durante as visitas e ainda coletar os materiais recicláveis que serão destinados para Agecold (Associação dos Agentes Ecológicos de Dourados).

A concentração aconteceu às 08h na Escola Municipal Armando Campos Belo, no Jardim Santa Brígida. Na ocasião o secretário municipal de saúde, Sebastião Nogueira, informou que neste ano 15 mil imóveis foram visitados, 400 focos eliminados e ainda a emissão de 300 multas.

Os responsáveis por imóveis em situação inadequada serão notificados e terão um prazo de dez dias para fazer a limpeza. Após a notificação, se o imóvel continuar em situação precária, oferecendo risco, o responsável pode ser multado, conforme a Lei Municipal. Imóveis fechados bem como terrenos baldios serão também vistoriados.

“Estamos hoje aqui realizando um trabalho de guerra, a conscientização dos moradores é importante pois mais de 80% do mosquito se prolifera nas residências, ou seja ele está cada dia mais urbanizado, e se os moradores têm que colaborar em não deixar locais com água parada, limpar terrenos baldios e como forma de combater de para que não haja uma epidemia, vamos multar sim”, pontuou o secretário.

As ações se concentrarão durante todo o dia nos bairros Santa Brígida, Jardim Vitória I e II, Residencial Pelicano, Jardim Carisma, Jardim Aide, Vila Arapongas, Jardim Piratininga e Jardim dos Estados. De acordo com a coordenadora do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) Rosana Alexandre da Silva, serão visitados aproximadamente 3 mil imóveis.

“Essa ação visa conscientizar e acabar de vez com os vetores. É uma mobilização para não deixar que o mosquito prolifere e assim possamos ter uma epidemia. É um trabalho de força tarefa mesmo, precisamos sempre relembrar a população que eles são fundamentais para que o mosquito não procrie, e com esse período de chuvas é bem propicio para isso”, disse a coordenadora.

Segundo Rosana, neste ano já registraram 150 notificações com 42 casos positivos da doença. Ao todo são 100 agentes do CCZ, 12 adolescente DeMolay, 40 militares da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada- Brigada Guaicurus-, 20 homens da Semsur (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos), com quatro tratores com roçadeiras, seis roçadeiras manuais, uma pá carregadeira com caminhão caçamba e ainda 10 caçambas fixas que serão distribuídas em vários pontos dos locais a serem visitados.

Ela conta ainda que não haverá mais notificações para o morador cuja casa estiver com foco, o caso passa a ser com pagamento de multa entre R$ 500 e R$800, no entanto há possibilidade dos valores podem ser duplicados, o caso será analisado juntamente com a Câmara Municipal, assim que retornarem as atividades.

Entre os moradores que receberam a visita está o pintor Luiz Carlos da Rocha Junior, 23 anos. Para ele a visita é importante, por ter um filho de 3 anos, alegou que procura cuidar do quintal, para não deixar água.

“É ótimo a visita, já que é greve o que o mosquito pode causar em que contrai a doença. Como tenho um filho pequeno eu cuido ao máximo o meu quintal, em não acumular água”, disse o pintor.

Outro que também tem cuidado redobrado é o aposentado Ernesto Ribeiro Félix,70. Ele conta que mesmo cuidando do quintal, ele e a esposa foram infectados com a doença em 2014, dias depois descobriu que havia focos do mosquito nos vizinhos.

“É muito bom a visita dos agentes e ainda mais agora em multar as pessoas que não cuidam das suas casas e que vira criadouro do mosquito. Mesmo cuidando do meu quintal eu e a minha esposa fomos picados e infectados com a dengue, os sintomas são horríveis ainda mais na minha idade”, desabafou Ernesto.

Novas ações

Durante a semana outros locais receberão a ‘força tarefa’, que contará com o apoio da Semsur e também de militares do Exército. Para a quinta-feira (21), a previsão é que se concentrem na região do Parque das Nações, já na sexta-feira (21), no Izidro Pedroso.


Deixe seu Comentário

Leia Também

UNIÃO
TRF3 mantém indenização à família de vítima de acidente de Alcântara
Ainda sem aprovação do Orçamento 2021, governo deve controlar gastos
BRASIL
Ainda sem aprovação do Orçamento 2021, governo deve controlar gastos
TV UFAL passa a integrar a Rede Nacional de Comunicação Pública
BRASIL
TV UFAL passa a integrar a Rede Nacional de Comunicação Pública
Exposição gratuita retrata condições degradantes do trabalho escravo em MS
CAPITAL
Exposição gratuita retrata condições degradantes do trabalho escravo em MS
Especial Caiu no Enem realiza correção das provas neste domingo
BRASIL
Especial Caiu no Enem realiza correção das provas neste domingo
MS
Empresário é multado em R$ 10 mil por retomar obra embargada
BRASIL
MPT alerta para risco de fragilização e precarização do instituto da aprendizagem profissional
COVID-19
Estados brasileiros começam a receber vacina de Oxford
PANDEMIA
Covid-19 mantém 258 sul-mato-grossenses em leitos de UTI
PANDEMIA
Estado aguarda atualização de 4,7 mil possíveis casos de Covid-19 nos municípios

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Vídeo mostra momento exato de acidente com vítima fatal em Dourados
DOURADOS
Motorista envolvido em acidente fatal relata bebida ao depor e é liberado 
TRAGÉDIA
Segundo acidente de trânsito com vítima fatal é registrado em Dourados
DOURADOS
Motociclista que morreu após colisão em cruzamento invadiu via preferencial