Menu
Busca terça, 21 de setembro de 2021
(67) 99257-3397

PMA cobra melhorias para evitar acidentes com animais

20 setembro 2014 - 07h30

A quantidade de animais silvestres envolvidos em acidentes nas estradas federais que cortam o Mato Grosso do Sul fez com que o major Carlos Magno da Silva, da PMA (Polícia Militar Ambiental) de Dourados, cobrasse melhorias por parte do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes).

Segundo ele, é necessário a realização de investimento por parte do órgão. “Cabe ao DNIT realizar esse trabalho. A BR-163, por exemplo, está em duplicação, é o momento ideal de se realizar adaptações como túneis para a passagem dos animais, com telas nas laterais e investimentos na sinalização”, destaca.

No sábado passado (13), policiais militares ambientais do município receberam uma Jaguatirica, que acabou atropelada na BR 163, próximo à ponte do Rio Brilhante.

Um veterinário que passava pelo local pegou o animal ainda agonizando, mas não conseguiu salvá-lo. Em seguida ele foi encaminhado a PMA, onde passou pelo processo de taxidermia (empalharam) para uso nos trabalhos de educação ambiental.

Levantamentos apontam que é alto o número de animais mortos por atropelamento nas rodovias de MS.

Um levantamento divulgado pelo G1 através do IPE (Instituto de Pesquisas Ecológicas) mapeou trechos das BR's 262, 163 e 267, de abril de 2013 até março de 2014, e encontrou 1.152 carcaças de 30 espécies diferentes, algumas em extinção.

Segundo a PMA (Polícia Militar Ambiental) os principais animais mortos nas rodovias são macacos, tamanduás, jaguatiricas e onças parda.

Diante deste número, Silva orienta que os motoristas tenham mais atenção e diminuam a velocidade em locais que sinalizam ter animais na pista.

De acordo com o Major, falta atenção dos motoristas que também não costumam comunicar os atropelamentos as autoridades. “Muitos motoristas ignoram a sinalização de animais na pista, se tivéssemos mais atenção e consciência esse número poderia ser reduzido. É necessário também que os motoristas relatem esses acidentes, para que possamos analisar as áreas em que eles ocorrem, procurando sinalizar melhor”, enfatiza.


Deixe seu Comentário

Leia Também

AJUDA
Auxílio emergencial: nascidos em janeiro recebem hoje a 6ª parcela
Jovem é vítima de assaltante armado que foge com bicicleta
DOURADOS
Jovem é vítima de assaltante armado que foge com bicicleta
CAPITAL
Ladrão é preso ao invadir empresa de concreto pela terceira vez
Chamado de 'prevaricador', chefe da CGU depõe hoje à CPI da Covid
SENADO
Chamado de 'prevaricador', chefe da CGU depõe hoje à CPI da Covid
Bola Cheia...! Bola murcha...!
COLUNA
Bola Cheia...! Bola murcha...!
INFORME PUBLICITÁRIO
No CETEPS, aluno sai com diploma de técnico em enfermagem em 18 meses
AQUIDAUANA
Acusado de atirar na nuca de policial é condenado a 18 anos de prisão
BENEFÍCIO
INSS: quase cinco milhões terão de fazer prova de vida até 2022
DOURADOS
Agetran e Sucata Cultural realizam nesta terça Abordagem de Veículos 
NOVA YORK
Discurso de Bolsonaro abre debate da 76ª Assembleia Geral da ONU

Mais Lidas

DOURADOS
'Buguinha' é presa e diz que matou caseiro por legítima defesa
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
DOURADOS
Envolvida em execução de detetive é presa novamente em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina