Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Com risco de incêndio, limpeza em ecoponto deve demorar uma semana

10 agosto 2020 - 12h15Por Jessica Beatriz

Na manhã desta segunda-feira (10), um jardineiro identificado como Eleodoro Cardoso denunciou a falta de limpeza do ecoponto da região do Parque do Lago à redação do Dourados News. De acordo com ele, a reclamação também é de moradores locais que lidam diariamente com a presença de bichos e temem um incêndio, devido ao acúmulo de lixo.

Após ser procurado para posicionamento na reportagem, o secretário de Serviços Urbanos, Fabiano Costa, entrou em contato com o Dourados News e relatou que a situação deverá ser normalizada a partir do dia 17 de agosto, quando o local será repassado para a gestão de uma empresa privada que ganhou a licitação.

“Ela abre o ecoponto da Via Parque no dia 17 e interrompe as atividades daquele do Parque do Lago, faz toda a remoção e reabre ele já dentro de um novo formato pra gente poder resolver esse problema em definitivo”, explicou o responsável pela Semsur (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos).

A grande quantidade de resíduos de poda de árvores tem preocupado os moradores neste período seco.

De acordo com Eleodoro, no local há galhos desde o começo de janeiro e quando os populares reclamam, “vem aqui e tira dois caminhões, três e amontoa e deixa aí. Aí o resto que tá aqui fica aí amontoado. Não tem nem espaço pra amontoar mais”, relatou ele.

O ecoponto é uma alternativa para o descarte correto de pequenos volumes de entulhos, galhos de árvores, pneus, materiais recicláveis, entre outros, porém, a falta de manutenção no local tem deixado os moradores e trabalhadores da área de jardinagem sem alternativa para o descarte adequado. 

Dengue

Além da preocupação com um possível incêndio no ecoponto do Parque do Lago, os moradores temem que o local sirva de criadouro para o mosquito Aedes Aegypti. De acordo com o último boletim da dengue, divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), no dia 29 de julho, Dourados havia confirmado 1.188 casos da doença e três óbitos, no ano de 2020. As vítimas fatais da doença tinham 61, 46 e 10 anos. 

Neste ano, Dourados registrou 2.130 notificações de dengue e a incidência é de 955,4 para cada cem mil habitantes. Já Mato Grosso do Sul está em 2° lugar no ranking em relação às 27 Unidades da Federação. No Estado foram contabilizadas 66.714 notificações e a incidência é de 2.400,7.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Homem é encontrado morto com tiro no pescoço em bairro da Capital
BRASIL
Presidente Bolsonaro sanciona lei que amplia uso de assinatura digital
MARACAJU
Polícia apreende mais de 500 quilos de maconha em veículo abandonado
MS
Investigação aponta fazendas onde começou incêndio gigantesco no Pantanal
ANTÔNIO JOÃO
Casal é preso na região de fronteira com 126 quilos de cocaína
UEMS
Publicado Edital da Segunda Edição do Auxílio para Acesso à Internet
CAPITAL
Motorista que levou dois tiros foi atacado em local conhecido como "Buracão"
PARQUE
Ação conjunta vai resgatar animais silvestres na área atingida pelos incêndios
BONITO
Indígenas "fecham" unidade da Funai em protesto contra nomeação
TJ/MS
Justiça permite troca de sobrenome de infantes para homenagear avô

Mais Lidas

PANDEMIA
Novo decreto diminui toque de recolher e libera venda de bebidas em bares até as 23h
ACIDENTE
Mulher envolvida em acidente no Centro ficou presa às ferragens de veículo
PROSSEGUIR
Governo atualiza mapa da Covid e Dourados volta para "bandeira vermelha"
POLÍCIA
Homem morre ao tentar invadir delegacia de Glória de Dourados