Menu
Busca segunda, 19 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Juiz manda prefeitura exonerar temporários e convocar aprovados em concurso

18 outubro 2017 - 08h59Por Adriano Moretto

A justiça determinou que o município de Dourados nomeie os candidatos aprovados em concurso público de provas e títulos e exonere os servidores temporários contratados. A decisão é do juiz José Domingues Filho após pedido feito pelo MPE (Ministério Público Estadual) que ajuizou ação através do promotor Eteocles Brito Mendonça Dias Júnior, da 16ª Promotoria de Justiça.

De acordo com decisão, o Município fica obrigado a exonerar todos os servidores temporários contratados em vagas puras, bem como de servidores comissionados que estão exercendo funções iguais, equivalentes ou semelhantes à cargos efetivos de professor.

Entre as funções definidas pela ordem judicial estão os professores de língua portuguesa, inglesa, matemática, história, geografia, ciências e educação agropecuária, além de especialista em educação indígena (funções de coordenação pedagógica indígena e supervisão técnica escolar indígena), professor indígena (funções de professor de anos iniciais, professor da educação infantil, professor de língua portuguesa, professor de língua inglesa, professor de matemática, professor de história, professor de geografia, professor de arte, professor de educação física, professor de ciências, professor de língua indígena guarani, professor de língua indígena terena), Pedagoga Indígena (função de pedagoga indígena) e, Professor (função de professor coordenador, professor de artes iniciais, professor de arte, professor de educação física, professor de educação infantil e professor intérprete, objeto dos concursos em referência).

A nomeação, deverá ser de acordo com a respectiva ordem, tanto dos aprovados, quantos os necessários e suficientes para preenchimento das vagas puras ocupadas por servidores temporários, referente às funções iguais, equivalentes ou semelhantes exercidas por comissionados.

O juiz determinou ainda que seja publicada, a cada nova convocação, lista de candidatos aprovados em concurso que manifestaram desistência voluntária, ou foram considerados inaptos à posse, ou seja, aqueles que, independente do motivo, não tiveram sua posse no cargo público concretizada.

O município ainda não se posicionou oficialmente sobre o fato, porém, a determinação deve ser acatada pela prefeita Délia Razuk (PR).

Deixe seu Comentário

Leia Também

AMAMBAI
Veículo com registro de roubo/furto em SP é recuperado e homem preso por receptação
PANDEMIA
Apesar de curva de descenso, MS soma mais de 300 internados por coronavírus
DOURADOS
Aced traz Aly Baddauhy Jr para Roda Empresarial de Outubro
MATO GROSSO DO SUL
Apesar da chuva, falta de água continua e governo decreta situação de emergência
DOURADOS
Audiência na quarta-feira define rumo de julgamento sobre assassinato no shopping
DOURADOS
Orçamento para Saúde e Educação em 2021 supera meio bilhão de reais
BRASIL
Bolsonaro participa da abertura de fórum econômico com países árabes
PEDESTRIANISMO
Douradense conquista Estadual de atletismo em duas categorias
RIBAS DO RIO PARDO
Após denúncia, ‘boca de fumo’ é fechada e mulher presa
PANDEMIA
Dourados se aproxima de 7,5 mil recuperados do coronavírus

Mais Lidas

IDENTIFICADO
Vítima encontrada sem vida em bairro de Dourados tinha 17 anos
ACIDENTE
Criança de 3 anos se afoga em piscina de clube e socorristas tentam reanimação
DOURADOS
Homem é encontrado morto em frente residência no Parque das Nações I
CAMPO GRANDE
Mulher fica ferida após panela de pressão explodir em loja