Menu
Busca terça, 07 de julho de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Juiz marca para março audiência de policial que matou no cinema e testemunhas do crime

06 fevereiro 2020 - 11h13Por André Bento

O juiz Eguiliell Ricardo da Silva, da 3ª Vara Criminal de Dourados, agendou para o próximo dia 18 de março o interrogatório do policial militar Dijavan Batista dos Santos, de 37 anos, acusado de matar com um tiro o bioquímico Julio Cesar Cerveira Filho, de 43 anos, dentro de uma sala do cinema no shopping da cidade na tarde de 8 de julho de 2019.

Nessa mesma oportunidade, quando será realizada audiência de instrução e julgamento na Ação Penal de Competência do Júri por Homicídio Simples, devem ser ouvidas as testemunhas de acusação, do assistente de acusação e de defesa.

Lotado na PMA (Polícia Militar Ambiental) da cidade, o cabo chegou a ser preso no dia do crime e transferido para o Presídio Militar de Campo Grande, mas foi beneficiado por habeas corpus concedido pelo TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) em 13 de agosto e desde então responde em liberdade.

Na mais recente movimentação desse processo, que corre sob sigilo, o juiz responsável pelo caso negou o pedido de decretação da prisão preventiva do réu, formulado pela assistente de acusação.

Em dezembro o ministro Nefi Cordeiro, relator da Sexta Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça), também havia negado pedido do MPE-MS (Ministério Público Estadual) para derrubar o habeas corpus concedido pelo TJ-MS e decretar nova prisão do réu.

Os interrogatórios agendados para dia 18 de março devem começar às 14h e pelo menos duas testemunhas, uma residente em Rio Brilhante e outra no Mato Grosso, deverão ser ouvidas por videoconferência. Até mesmo os filhos do policial militar, que presenciaram o homicídio na sala de cinema que exibia filme infantil, foram arroladas pela acusação para serem ouvidos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Com eleição adiada, TSE é consultado sobre prazo de Ficha Limpa
RIO AQUIDAUANA
Ambiental multa homem em mais de R$ 5 mil por degradar mata ciliares
ASSEMBLEIA DE MS
Aprovado direito de incluir nome do cônjuge em faturas
CAMPO GRANDE
Hemosul realiza testagens laboratoriais de resultados do Covid-19, porém sem coletas no local
PANDEMIA
Bodoquena, Bela Vista e Terenos solicitam reconhecimento de calamidade pública
BRASIL
Mais de 200 mil candidatos se inscreveram no primeiro dia de abertura do Sisu
BRASIL
Senado aprova convite a Mourão para debater Conselho da Amazônia
CAMPO GRANDE
Na Capital, anta é resgatada após cair em piscina de chácara
DOURADOS
Dono encontra carro que havia locado “depenado” em barracão
ECONOMIA
Dólar fecha em alta com cautela externa por coronavírus

Mais Lidas

DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
Acusado de matar secretário em Dourados acaba preso em barreira sanitária
DOURADOS
Carro que atingiu ciclista pega fogo após bater em árvore ao lado de Avenida
DOURADOS
Adolescente pilota moto embriagado e tio morre após queda na Coronel Ponciano