Menu
Busca terça, 01 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Juiz marca para março audiência de policial que matou no cinema e testemunhas do crime

06 fevereiro 2020 - 11h13Por André Bento

O juiz Eguiliell Ricardo da Silva, da 3ª Vara Criminal de Dourados, agendou para o próximo dia 18 de março o interrogatório do policial militar Dijavan Batista dos Santos, de 37 anos, acusado de matar com um tiro o bioquímico Julio Cesar Cerveira Filho, de 43 anos, dentro de uma sala do cinema no shopping da cidade na tarde de 8 de julho de 2019.

Nessa mesma oportunidade, quando será realizada audiência de instrução e julgamento na Ação Penal de Competência do Júri por Homicídio Simples, devem ser ouvidas as testemunhas de acusação, do assistente de acusação e de defesa.

Lotado na PMA (Polícia Militar Ambiental) da cidade, o cabo chegou a ser preso no dia do crime e transferido para o Presídio Militar de Campo Grande, mas foi beneficiado por habeas corpus concedido pelo TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) em 13 de agosto e desde então responde em liberdade.

Na mais recente movimentação desse processo, que corre sob sigilo, o juiz responsável pelo caso negou o pedido de decretação da prisão preventiva do réu, formulado pela assistente de acusação.

Em dezembro o ministro Nefi Cordeiro, relator da Sexta Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça), também havia negado pedido do MPE-MS (Ministério Público Estadual) para derrubar o habeas corpus concedido pelo TJ-MS e decretar nova prisão do réu.

Os interrogatórios agendados para dia 18 de março devem começar às 14h e pelo menos duas testemunhas, uma residente em Rio Brilhante e outra no Mato Grosso, deverão ser ouvidas por videoconferência. Até mesmo os filhos do policial militar, que presenciaram o homicídio na sala de cinema que exibia filme infantil, foram arroladas pela acusação para serem ouvidos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Menina de seis anos tem nariz reconstruído após levar tiro de fuzil
FRONTEIRA
Menina de seis anos tem nariz reconstruído após levar tiro de fuzil
STF
Nunes Marques adia decisão sobre bloqueio de perfis por Bolsonaro
CAPITAL
Para traficar drogas, homem escondia maconha no guarda-roupa de filhos
FÓRMULA 1
Pietro Fittipaldi substituirá Grosjean na Haas e Brasil volta a F-1
DENÚNCIA
Mulher é presa por deixar filhos sozinhos para consumir drogas
UEMS
Inscrições para Mestrado e Doutorado em Recursos Naturais terminam na quinta
Mulher é presa levando droga ao filho em preso em dobra de cobertor
BANDEIRA VERMELHA
Conta de luz voltará a ter taxa extra a partir de amanhã, e a mais cara
Jovem encontrado morto no rio Aquidauana tinha 21 anos
BALANÇO
Desmatamento na Amazônia cresce 9,5% em um ano, aponta Inpe

Mais Lidas

PODER PÚBLICO
Gaeco volta às ruas de Dourados com nova operação
POLICIAL
Criminoso imita abordagem de polícia para cometer roubo em Dourados
BR-376
Acidente entre Dourados e Fátima do Sul deixa um morto e dois feridos
PANDEMIA
Covid volta a matar e Dourados acumula 120 vítimas da doença