Menu
Busca segunda, 01 de junho de 2020
(67) 99659-5905

Jovem é preso após roubar objetos do cemitério em Dourados

24 janeiro 2010 - 08h18

Ednilson Nunes Pereira de 19 anos - vulgo Latro, residente na Vila Industrial, foi preso na manhã de ontem após roubar objetos do escritório do cemitério Santo Antônio de Pádua em Dourados.

Ele foi abordado pela Polícia Militar já que estava com uma mochila em atitude suspeita. Ele confessou que havia roubado os objetos e alguns ainda, já teriam sido vendidos para Romário Avelino Ramos de 20 anos, residente no João Paulo II.

Policiais foram até a casa de Romário e além dos objetos do cemitério, ainda foi apreendido um computador, um monitor, um teclado, uma impressora, um mouse, um ventilador, uma bicicleta, uma bolsa e uma televisão preta e branca.

Os dois foram encaminhados para o 1º Distrito Policial e autuados em flagrante, Ednilson pelo furto e Romário pela receptação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JARDIM
Dois são presos após realização de festa em residência durante pandemia
JUDICIÁRIO
STF marca julgamento sobre Weintraub de inquérito das fake news
PIQUIRI
Adolescente some em pescaria e bombeiros fazem buscas em Rio
DOURADOS
Pesquisa da UFGD pretende auxiliar em novos planejamentos de teletrabalho
ACIDENTE
Homem morre após cair do telhado de casa enquanto fazia reparos
APOSENTADORIA
INSS: último balanço mostra 1,8 milhão de benefícios represados
POLÍCIA
Foragido há dois anos acusado de matar idoso estrangulado é preso
CONVERSA COM BIAL
'O presidente esqueceu de combinar comigo', diz Aras sobre nota de Bolsonaro
JUSTIÇA
TJ/MS manda Delegado acusado de furtar droga de volta para a prisão
GERAL
Cartórios de notas realizam serviços por videoconferência em todo país

Mais Lidas

PANDEMIA
Estado alerta que Dourados deve ser cidade com mais casos de Covid-19 na próxima semana
POLÍCIA
Homem encontrado morto sob a ponte do Calarge tinha 38 anos
DOURADOS
HU emite nota de esclarecimento sobre atendimento de mulher que morreu com Covid-19
DOURADOS
Homem é encontrado morto embaixo de ponte no córrego Laranja Doce