Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905
TRANSTORNOS

Intervenção municipal libera acesso na BR-163

25 setembro 2017 - 10h25

Depois do Jardim Colibri, que teve o acesso à BR-163 reaberto, agora é a vez da região da Sitioca Campo Belo, localizada na saída para Caarapó, onde ocorreu um protesto de moradores quando da colocação do guard rail que bloqueou a entrada para a rodovia.

Resta ainda mais um ponto, na região do Parque das Nações, o qual deverá ser readequado e liberado em breve.

No Jardim Colibri, onde havia uma ligação com a BR totalmente inapropriada, por conta da negociação e com a parceria da empresa CCR MS Via, concessionária da rodovia, prefeitura e empresários, esse acesso foi reconstruído, mas atendendo todas as normas e leis do trânsito, garantindo a segurança aos usuários.

Nos três pontos de retirada dos guard rails a concessionária se comprometeu a rever toda a parte de sinalização da rodovia, com placas de alerta de entrada de veículos e, principalmente indicações de redução de velocidade. Todo esse cuidado partiu de recomendação da própria ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres).

HISTÓRIA

O bloqueio de acessos à BR-163 acontece principalmente no perímetro urbano de municípios onde a rodovia corta a cidade. Em Dourados isso ocorre num trecho de aproximadamente 12 quilômetros.

A empresa que tem concessão da via promoveu a interdição em alguns pontos, implantando obstáculos para impedir a passagem de veículos.

Como o procedimento gerou problemas a usuários das vias bloqueadas, moradores e proprietários de empresas, a concessionária foi procurada e a intervenção da prefeita Délia Razuk foi imediata. Com o apoio de parlamentares da bancada de Mato Grosso do Sul em Brasília, aprefeita esteve com o ministro dos Transportes Mauricio Quintela e a questão foi encaminhada, discutida e agora solucionada.

A prefeita ressalta que esse é o resultado de um trabalho coletivo executado em favor dos anseios da população e demonstra a força da união. "Sempre que surgir uma demanda dessa natureza, com risco de prejuízos ao município, estaremos prontos para intervir e promover a discussão junto aos segmentos responsáveis, até que tenhamos uma posição definitiva e favorável", garantiu Délia.



Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Empresária paulista perde R$ 50 mil ao negociar compra de sucata
ECONOMIA
Governo Federal libera mais R$ 28,7 bilhões para auxílio emergencial
TRÁFICO
PRF apreende 254 quilos de maconha e prende batedores na fronteira
SUPREMO
Celso de Mello envia à PGR requerimento contra Carla Zambelli
PONTA PORÃ
Motorista não explica procedência de R$ 68 mil e acaba na Polícia Federal
ARTISTA
Pagamento da 1ª parcela do edital “MS Cultura Presente” está disponível
POLÍTICA
Governo vai disponibilizar lista de quem recebeu auxílio emergencial
JUSTIÇA
Após 26 dias presa, mulher que matou marido a facadas ganha liberdade
BANDEIRA TARIFÁRIA
Conta de luz não terá cobrança extra até o fim do ano, informa Aneel
BR-262
Veículo furtado na Bahia é recuperado durante barreira sanitária

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher