Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
(67) 99659-5905
ECONOMIA

Indústrias do vestuário de Dourados recebem consultorias do Senai

12 setembro 2017 - 13h05

Como parte do Programa Brasil Mais Produtivo, que tem baixo custo para as empresas e é subsidiado pelo Governo Federal, as indústria Arte Camisetas, de Caarapó, e Yvu, de Dourados, estão recebendo consultorias em Lean Manufactoring voltada à redução de desperdícios e aumento da produtividade realizadas pelas equipes do Senai de Dourados, além de treinamento (coaching) do consultor Willian Gomes, do Senai Cetiqt (Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil), do Rio de Janeiro (RJ).

Segundo o consultor Willian Gomes, o objetivo do programa é aumentar a produtividade da empresa sem investimentos em pessoal e equipamentos. "Visamos propor intervenções de baixo custo – a metodologia utiliza a estrutura física, tecnológica e humana da própria indústria", disse.

A execução da consultoria tem foco no chão de fábrica e curto prazo para implementação (apenas três meses), sendo que a metodologia prevê a participação dos funcionários propiciando a união entre eles e o seu engajamento na busca da melhoria contínua. "O retorno esperado é aumento de no mínimo 20% em produtividade", reforçou o gerente do Senai de Dourados, Yashi Miranda.

O programa tem duração de 120 horas, conta com treinamento de uma equipe composta pelos consultores e por alguns funcionários da empresa, onde é feito um mapeamento de fluxo de valor de uma família de produtos da empresa, cronometrando operações e com levantamento de dados do estado presente. A operacionalização da consultoria se dá em quatro fases: preparação, intervenção, monitoramento e encerramento.

Na preparação, há o reconhecimento da fábrica, produtos e processos, escolha da família de produtos a ser mapeada, treinamento de MFV (Mapa de Fluxo de Valor), execução do MFV e definição de ações de melhorias e coleta de indicadores iniciais. Já a intervenção conta com treinamento de ferramentas LEAN, como 5 S, Trabalho Padronizado e Fluxo Contínuo, bem como verificação do estado presente (tempos, indicadores, produtividade, etc), criação de plano de ação e ajustes no processo.

A parte de monitoramento inclui o acompanhamento das ações realizadas com base nos indicadores e definição de novas ações para execução pela própria empresa, enquanto a fase de encerramento inclui validação das ferramentas Lean implementadas e medição final para coleta dos novos indicadores além de visita após três meses para verificar a sustentação do programa.

Com o coaching do Senai Cetiqt na empresa e para a equipe de consultores do Senai de Dourados, o objetivo é repassar as boas práticas adotadas e as habilidades necessárias, além de transferir a tecnologia adquirida por meio dos projetos já implementados no Rio de Janeiro com o Lean Manufacturing. Os benefícios para a empresa são o aumento de produtividade de, no mínimo, 20%, retorno financeiro rápido, redução de desperdícios de matéria prima, de trabalho e de tempo, redução de superprodução e de estoques em processo, redução de transporte e movimentações desnecessárias dos operadores por meio de mudanças de layout simples e eficazes, redução do tempo de produção (por peça) e do custo unitário, redução de defeitos e retrabalhos, além de uma melhor organização da produção em processos balanceados e com maior aproveitamento da mão-de-obra.

"Podemos citar também o aumento do poder de negociação com clientes e fornecedores por meio do ganho de conhecimentos a respeito do custo real e do tempo de produção dando maior previsibilidade de prazos e custos, bem como a melhoria na ergonomia e na qualidade de vida dos trabalhadores", pontuou o consultor do Senai Cetiqt.

Na avaliação do empresário Gilson Kleber Lomba, proprietário da Arte Camisetas e Yvu, os primeiros resultados já são bem satisfatórios, como as dicas de produção feitas pelo consultor e que já estão sendo implementadas pelos funcionários. "O trabalho ainda está no início, mas a nossa expectativa é a redução de custos e a melhoria do arranjo produtivo para que possamos diminuir o tempo perdido na linha de produção. Agora, vamos dar sequência no trabalho", destacou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Após policiais testarem positivo para o coronavírus, delegacias são fechadas para desinfecção
NOVO ÓBITO
Saúde de Mato Grosso do Sul confirma 18ª morte por coronavírus
TRÁFICO
Mais de 700kg de maconha são apreendidos em fundo falso de caminhão
DOURADOS
PM de Dourados terá novo comandante após operação do Gaeco
DOURADOS
Paciente com suspeita de coronavírus afasta mais de 20 profissionais da saúde no HV e UPA
PANDEMIA
Testes de coronavírus passam a ser diários no drive-thru em Dourados
ARTIGO
Seja como um bom soldado!
BRASIL
Barroso recebe presidentes da Câmara e do Senado para discutir eleição
DOURADOS
Um dia após toque de recolher estendido, prefeitura publica lei que define atividades religiosas como essenciais
CAMPO GRANDE
Polícia encontra depósito com mais de 3t de maconha e prende quatro pessoas

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dois meses após decreto de emergência, Dourados confirmou 127 casos de Covid-19
PANDEMIA
Número de pacientes internados por coronavírus em Dourados sobe 50% em 24h