Menu
Busca quarta, 22 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
DOURADOS

Indígenas mantém manifesto na Perimetral Norte e ameaçam bloquear outra rodovia

21 julho 2014 - 08h57

Thalyta Andrade

O bloqueio da Perimetral Norte, entre a avenida Guaicurus e a rodovia MS-156, que acontece desde o fim da tarde de ontem em Dourados, deve permanecer por “muito tempo” segundo informado ao Dourados News por liderança indígena da aldeia Bororó.

A mobilização acontece após o atropelamento de Lenilza Nunes Fernandes, 46, que se tornou mais uma vítima no local após acidente ocorrido ontem. A mulher, que é moradora da Bororó, permanece internada em estado gravíssimo.

“Não vamos sair daqui enquanto não houver um contato que nos garanta melhor sinalização. Este lugar está sujo de sangue. Não queremos mais pessoas morrendo aqui. Precisamos de sinalização com urgência, então a mobilização acontece até que o responsável se pronuncie sobre isso”, garantiu o líder indígena Gaudêncio Benitez.

Até o momento, segundo Benitez, apenas a prefeitura de Dourados, por meio da Semsur (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos) teria se manifestado sobre o tema, alegando que a gestão municipal não possui responsabilidade pela via e sinalizando para a marcação de uma audiência com o governador André Puccinelli (PMDB) em Campo Grande, já que a Perimetral é de responsabilidade do Estado.

No entanto, as lideranças decidiram por não ir até a capital, manter o bloqueio, e desfazer a mobilização apenas quando algum representante for até o local. Além disso, a comunidade indígena ameaça bloquear também a MS-156, que liga Dourados a Itaporã.

“Não vamos sair daqui. Quem tem que resolver o problema precisa conversar com a comunidade. E se não tivermos resposta, vamos fechar a MS-156 também. Precisamos ser ouvidos para que não aconteçam mais mortes”, afirmou Benitez.

O bloqueio na Perimetral Norte é total, feito com pedaços de madeira e galhos, e com a presença de centenas de indígenas, segundo informado pelas lideranças da Bororó. A orientação para os motoristas é que peguem rotas alternativas, e evitem passar pela via.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia investiga se candidato foi morto por ouvir polca de Partido
PARAGUAI
Polícia investiga se candidato foi morto por ouvir polca de Partido
IMUNIZAÇÃO
Cabe a estados decidir vacinação de adolescentes, diz Lewandowski
Motorista fica em estado grave após colidir carro em árvore na MS-162
Motorista fica em estado grave após colidir carro em árvore na MS-162
ONLINE
Sebrae e Fundect abrem inscrições para acesso a mercados de inovação
VIOLÊNCIA
Preso em tiroteio que matou sequestrador tem mais de 45 passagens
BRASIL
Senado aprova PEC que flexibiliza gastos na educação em 2020 e 2021
COMITIVA
Queiroga é diagnosticado com Covid-19 e ficará em quarentena em NY
JUDICIÁRIO
Moraes mantém ordem de prisão contra o caminhoneiro Zé Trovão
TRÁFICO
Polícia encontra 7 crianças, ao 'estourar' centro de distribuição de drogas
EMPREGO
Funai é autorizada a abrir concurso com 776 vagas temporárias

Mais Lidas

DOURADOS
'Buguinha' é presa e diz que matou caseiro por legítima defesa
DOURADOS
Envolvida em execução de detetive é presa novamente em Dourados
DOURADOS
Vizinhos sentem mau cheiro e idoso é encontrado morto no Novo Horizonte
SITIOCA CAMPINA VERDE
Caseiro é assassinado com golpe de faca em Dourados