Menu
Busca domingo, 27 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
SAÚDE

HU inicia processo de avaliação de qualidade para melhoria dos serviços

07 fevereiro 2020 - 07h52Por Da Redação

Como estão os processos de trabalho assistenciais, administrativos, de gestão e de ensino e pesquisa? É necessário melhorar em alguns aspectos? O hospital é referência para outras unidades? Essa é a avaliação que começa a ser feita, com a nova fase do Programa Ebserh de Qualidade, que consiste em um sistema próprio de avaliação periódica das atividades para promover a cultura de melhoria contínua dos serviços prestados à população.

Um dos objetivos da avaliação interna é sensibilizar os profissionais quanto à necessidade e relevância da melhoria nos processos de trabalho, promovendo uma cultura voltada para o processo de aprendizagem. O passo inicial é a realização de um curso para os profissionais que vão atuar na avaliação interna quanto à conformidade das práticas do hospital frente aos requisitos contidos no Manual de Diretrizes e Requisitos do Programa e Selo Ebserh da Qualidade.

O HU (Hospital Universitário), da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) deu início nesta quarta-feira, dia 05 defevereiro, ao Curso de Formação de Avaliadores Internos da Qualidade do HU de Dourados. Serão dois módulos de capacitação para os cerca de 40 colaboradores, selecionados entre os que se candidataram espontaneamente para essa função, que passam a integrar a Comissão de Avaliadores Internos (AVAQualis) do HU. A avaliação interna no Hospital será realizada na próxima semana, de 10 a 14 de fevereiro.

Os profissionais capacitados para realização da avaliação interna da instituição vão identificar as oportunidades de melhoria, e, em conjunto com as áreas envolvidas, estabelecer prioridades no planejamento das ações com foco na melhoria dos processos de trabalho e, consequentemente, dos resultados.

O passo seguinte será uma avaliação externa, quando profissionais de outro hospital da Rede virão checar o andamento das melhoras indicadas e planejadas após a avaliação interna do HU. Concluída a avaliação externa, poderá ser concedido ao hospital o Selo Ebserh de Qualidade (SEQuali).

Sobre o SEQuali

O Selo Ebserh de Qualidade visa reconhecer formalmente os hospitais que atingirem padrões estabelecidos no sistema de avaliação e de acordo com o nível de maturidade do hospital o Selo é dividido em quatro categorias. O selo Bronze será concedido aos hospitais que cumprirem 100% dos requisitos essenciais (RE), com validade de dois anos. A categoria Prata será concedida àqueles que cumprirem, não apenas os requisitos essenciais, mas no mínimo, 80% de todos os requisitos exigidos, com periodicidade de avaliação de dois anos. O Selo Ouro irá para os hospitais que cumprirem, no mínimo 95%, de todos os requisitos, com validade de três anos. E a categoria Diamante será concedida aos hospitais que cumprirem 100% de todos os requisitos, também com validade de três anos. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

STF
Leis estaduais sobre taxa de religação de energia elétrica são inconstitucionais
PANTANAL
Força-tarefa combate incêndio na RPPN Eliezer Batista, um dos maiores na Serra do Amolar
PANDEMIA
Hospital de Campanha do Ibirapuera dá alta ao último paciente
ABAV COLLAB
Turismo sul-mato-grossense realiza promoção dos destinos, capacitações e tutorial de gastronomia
FUTEBOL
Série B: Figueirense e Guarani empatam em 2 a 2, em Florianópolis
STJ
Em promissória com duas datas de vencimento, prevalece a que melhor reflete a vontade do emitente
FUTEBOL
Time principal do Fluminense tem cinco jogadores com covid-19
STF
2ª Turma autoriza extradição de proprietário da Telexfree
ESTADO
Justiça do Trabalho pede prioridade a ações que envolvam profissionais da saúde que atuam na pandemia
BRASIL
Profissionais podem se increver até 6 de outubro no CNJ Inova

Mais Lidas

POLÍCIA
Caminhoneiro de Dourados morre ao capotar na serra de Maracaju
ATO DE FÉ
Após vigílias em frente a hospital, família celebra 'milagre' por homem que caiu do telhado
PONTA PORÃ
Polícia apreende comboio com contrabando avaliado em R$ 1 milhão
CAMPO GRANDE
Gêmeos são executados dentro de quitinete