Menu
Busca segunda, 06 de julho de 2020
(67) 99659-5905

Homem encontrado morte em fazenda será sepultado como indigente

04 dezembro 2012 - 10h20

Carlos Ferraz

O corpo de um homem foi encontrado por volta das 15 horas do último sábado nos fundos da fazenda Medalha, localizada na linha do Potrerito, em Dourados, está sendo liberado pelo Instituto Médico Legal (IML) de Dourados, para ser sepultado como indigente, uma Vez que até o momento não foi possível fazer a identificação, uma que nenhum parente ou conhecido teve sucesso no reconhecimento.

Ainda segundo Informações do IML também não foi possível determinar as causas da morte devido ao avançado estado de decomposição, visto a morte ter acontecido a mais de 20 dias, que impede exames mais apurados.

No momento em que foi encontrado o homem trajava calça jeans, camisa listrada e tênis branco. Próximo ao local foram encontradas sete capsulas de calibre 38 deflagrada, o que necessariamente quer dizer que houve assassinato,


Deixe seu Comentário

Leia Também

BATAGUASSU
Bêbado é preso incomodando populares e descumprindo medida sanitária
NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS
Mercado imobiliário e reflexos pandemia Covid-19
BRASIL
Mercado financeiro prevê queda da economia em 6,5% este ano
DOURADOS
Acidente entre moto e carro deixa homem com suspeita de fratura em uma das pernas
HOSPITAL DA VIDA
Condutor de veículo que atingiu ciclista presta depoimento no hospital
DOURADOS
Semana começa com previsão de sobe e desce de temperatura, entre 8ºC e 34ºC
IZIDRO PEDROSO
Acusado de matar secretário de Agricultura será ouvido nesta manhã
BR-163
Acidente envolvendo carro e carreta deixa duas pessoas mortas
TV DOURADOS NEWS
Como ficam as novas regras para as eleições 2020? Quem explica é o advogado Noemir Felipetto
OPORTUNIDADE
MS tem 700 vagas de trabalho; 99 delas em Dourados

Mais Lidas

POLÍCIA
Assassinado no Izidro é secretário de Agricultura Familiar de Dourados
DOURADOS
Ex-funcionário é o suspeito de matar secretário de Agricultura
DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
“Um amigo, um conselheiro”, diz Délia após assassinato de secretário