Menu
Busca terça, 07 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Homem é preso acusado de agredir a ex-mulher

22 março 2013 - 07h59

Da Redação com Osvaldo Duarte

Paulo Rogério Biz, 32, foi preso na noite de ontem (21) acusado de violência doméstica. Ele teria agredido com chutes a ex-mulher, uma jovem de 22 anos na rua Rui Barbosa, no Jardim Cachoeirinha.

De acordo com o depoimento da vítima à polícia, eles estavam separados há um mês, mas continuavam morando na mesma residência. No dia da ocorrência, Paulo teria chagado embriagado e começado uma discussão, xingando a ex-mulher e posteriormente agredindo-a.

Ele foi preso e encaminhado para o 1º Distrito Policial em Dourados, onde nega que tenha cometido o contato físico. O acusado possui várias passagens pela polícia, pelos crimes de tráfico de drogas, interceptação e lesão corporal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EM SÃO PAULO
Formada em Dourados, pesquisadora participa de estudo sobre o coronavírus em São Paulo
LEGISLATIVO
Por vídeoconferência, aplicação dos recursos do Fundersul é aprovada
VÉSPERA DE FERIADO
Prefeitura decreta ponto facultativo na quinta e coleta de lixo para na sexta
CAMPO GRANDE
Supeito de furto ateia fogo em celular durante abordagem policial
INFORME PUBLICITÁRIO
Como investidores douradenses podem proteger seu capital em todos os períodos
EMBOSCADA
Suspeito de homicídio teria convidado vítima para caçar tatu em sítio
NO VERMELHO
Déficit público deve caminhar para R$ 500 bilhões, diz secretário
CONTRA O COVID-19
Barreiras sanitárias abordam sete mil pessoas por dia em Mato Grosso do Sul
DOURADOS
Aulas na Rede Municipal vão seguir calendário estadual e ficam suspensas até maio
POLÍCIA
Caminhão com 450 mil maços de cigarro é apreendido em Caarapó

Mais Lidas

DOURADOS
Dois homens são executados por dupla de moto no Jardim Carisma
FLEXIBILIZAÇÃO
Com restrições, comércio volta a funcionar amanhã em Dourados
COVID-19
Estado tem mais três confirmações do novo coronavírus em 24 horas, todas no interior
DOURADOS
Polícia apura que filho matou pai a pauladas após agredir a mãe grávida