Menu
Busca sexta, 05 de março de 2021
(67) 99257-3397

História de Dourados está disponível no site da Prefeitura

12 abril 2004 - 09h41

Em setembro de 2003 o desenhista gráfico Amarildo Leite foi convidado pela coordenadora de Cultura da Fundação Cultural e de Esportes de Dourados, Lelian Paschoalick, para participar da elaboração da primeira história em quadrinhos de Dourados. A idéia inicial era juntar toda a história do município em uma só revista, mas os organizadores optam por dividir em duas edições para facilitar a leitura do público infantil. O maior desafio era tornar a historinha atrativa às crianças e também atingir o gosto dos adultos.Na primeira edição foram criados 3 personagens: Cássio (baseado no filho do Amarildo); Ângela, irmã do Cássio e o índio Tato que juntos se mobilizaram para evitar o grande mal que a cidade de Dourados estava começando a sofrer, “A Síndrome do Esquecimento”. A partir daí esses três personagens protagonizam os principais momentos da história do município numa viagem imaginária de volta ao passado, em um balão de nuvem, desde o final do século XIX até a década de 30, época em que Dourados ainda pertencia ao município de Ponta Porã. Os leitores mirins ou adultos podem conhecer a versão desse período partindo dos acontecimentos, as personalidades, e os protagonistas que na verdade foram os fundadores: Marcelino Pires, Januário Pereira de Araújo e Joaquim Teixeira Alves. “Acho muito importante esta obra. Primeiro, porque conta a nossa história; segundo, porque inclui como personagens importantes, os índios que são nossos primeiros habitantes, representados pelo Tato. Vale a pena ler! Para nós, douradenses, é muito emocionante”, disse a professora Zonir Freitas Tetila, uma das coordenadoras do trabalho.Toda ilustrada em preto e branco, a primeira edição está disponível para leitura e download no site da Prefeitura através do endereço: www.dourados.ms.gov.br A segunda edição prevista para sair agora em abril dará continuidade à história, a partir da década de 30 até a época atual.A supervisão e coordenação da historinha ficaram por conta das professoras Lelian Paschoalick e Zonir Freitas Tetila que juntamente com Amarildo, elaboraram uma ampla pesquisa sobre a história. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

IMUNIZANTE
Covid-19: Moderna confirma 13 milhões de doses da vacina para o Brasil
Motorista que saiu de MS é preso com cocaína em Minas Gerais
POLÍCIA
Motorista que saiu de MS é preso com cocaína em Minas Gerais
JUDICIÁRIO
TJ/MS divulga resultado da prova de sentença do Concurso da Magistratura
GPS e drone descobrem área de vegetação desmatada ilegalmente 
NOVA ANDRADINA
GPS e drone descobrem área de vegetação desmatada ilegalmente 
FUTEBOL
Lances de mão na bola terão novas regras; entenda o que muda
BATAGUASSU
Homem é encontrado morto com tiros na cabeça em área de pasto
PANTANAL
Agesul interdita parcialmente ponte na MS-243, na região do Nabileque
CORUMBÁ
Bombeiros suspendem buscas por homem desaparecido há 12 dias em fazenda
PAGAMENTO
Guedes diz que governo antecipará 13º de idosos e dos 'mais frágeis'
TRÊS LAGOAS
Depois de seis meses foragido, suspeito de matar mulher cega é preso

Mais Lidas

DOURADOS 
Vídeo mostra momento da colisão entre veículos em Dourados
PONTA PORÃ
Casal é assassinado na fronteira e corpos são deixados um ao lado do outro
NOVA DOURADOS
Colisão entre veículos deixa pessoa gravemente ferida em Dourados
PANDEMIA 
Secretário alerta para nova variante do coronavírus na região da Grande Dourados