Menu
Busca quinta, 29 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
MANIFESTAÇÃO

Grupo faz ato contra a Reforma da Previdência em Dourados

11 dezembro 2017 - 10h58Por Adriano Moretto

Servidores públicos, indígenas e trabalhadores rurais sem-terra realizaram ato na manhã desta segunda-feira (11) contra a Reforma da Previdência. A ação teve início na Praça Antônio João, região central de Dourados.

Logo em seguida os manifestantes saíram em passeata e encerraram o protesto em frente ao escritório político do deputado federal Geraldo Resende (PSDB).

As ações vem ocorrendo com frequência em vários municípios brasileiros e a intenção é pressionar os parlamentares para que não votem ou se posicionem contrários à Reforma proposta pelo presidente Michel Temer (PMDB).

Movimento ocorre no Congresso Nacional para que o projeto seja colocado em pauta e entre em votação ainda este ano. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Senador Nelsinho Trad acredita que caso de brasileiro preso na Rússia será solucionado
CRIME AMBIENTAL
PMA prende cinco pescadores no rio Paraguai e multas atingem R$ 35 mil
MS
Operação contra pedofilia tem quatro presos, entre eles professor de Direito
CAMPO GRANDE
Aluno que passou mal após ingerir merenda estragada será indenizado
MATO GROSSO DO SUL
Lei obriga Detran a notificar motorista sobre o vencimento da CNH
APÓS DECRETO
“Jamais esteve sob análise privatizar o SUS”, diz Guedes
ICTIOFAUNA
Ação conjunta inicia hoje operação para coibir atividades ilegais no rio Paraná
MS
Fundação de Cultura prorroga inscrições de mais 14 editais até 02 de novembro
PANDEMIA
Em ação preventiva contra a Covid, PGE suspende atendimento em cidade de MS
COCAÍNA
Dupla de irmãos gerenciavam 'boca de fumo' em bairro de Campo Grande

Mais Lidas

DOURADOS
Enquanto filma chuva, interno mostra ‘plantação’ de maconha em cela da PED
BR-463
Homem para carro em bloqueio, desce atirando e morre em confronto com a polícia
PANDEMIA
Menino de 5 anos é a primeira criança a morrer de coronavírus em MS
PROCURADO
Acusado pela morte de ator falsificou documento e disse ter nascido em MS