Menu
Busca sexta, 23 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
CARAVANA DO EVANGELHO

Grupo apresenta músicas natalinas para pacientes em hospital de Dourados

04 dezembro 2017 - 18h50Por Da Redação

Como parte da Programação de Fim de Ano do Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD), o grupo de canto Caravana do Evangelho apresentou seu repertório de músicas natalinas a colaboradores, pacientes e acompanhantes, na manhã deste domingo (3).

Pelos corredores de enfermarias, Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs), recepções e Maternidade, a música encantou a quem ouviu, levando ânimo a quem acordou cedo para trabalhar ou enfrentar um novo dia de tratamento.

O coletivo, formado há dez anos, é composto por frequentadores das casas espíritas de Dourados, que se reúnem todas as quintas-feiras para ensaiar, sob a regência da maestrina Rita Mathias. Ela, aliás, esteve recentemente no HU-UFGD com o coral dos Centros de Convivência da Pessoa Idosa (CCIs) de Dourados, um dos diversos projetos que mantém.

Diversificada, a Caravana é integrada por pessoas de várias idades e ocupações. Médicos, empresários, professores, donas de casa, jornalistas, psicólogos, funcionários públicos, enfim, gente com um único ideal que é transmitir bons sentimentos por meio da música.

A advogada Jovina Nevoleti Correia está no grupo desde sua formação e conta que tudo começou de maneira informal. Atualmente à frente da União Regional Espírita de Dourados, ela diz que o grupo se iniciou pequeno, com cinco pessoas, e hoje conta com 24 integrantes.

“Em 2007, a doutrina espírita completou 150 anos de existência, com o aniversário de publicação do Livro dos Espíritos, de Allan Kardek. Nesse período, montamos um grupo de cinco pessoas para visitar as casas espíritas, cantando algumas músicas em comemoração. Quando percebemos, o grupo havia aumentado e depois de três anos caminhando sozinhos surgiu a ideia de termos uma regente para nos orientar”, explica.

Além de apresentações a convite, a Caravana do Evangelho vem participando de encontros de corais e congressos espíritas e, neste ano, passou a realizar um trabalho social junto a hospitais e instituições assistenciais, prática que deve ser ampliada em 2018, conforme Jovina. “Nosso objetivo é passar um sentimento de fraternidade, de união de todos os povos, sobretudo nos momentos em que as pessoas estão mais vulneráveis”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA ANDRADINA
Dono de auto elétrica é encontrado morto no interior de oficina
ECONOMIA
Bolsonaro sanciona projeto de lei que cria poupança social digital
NAVIRAÍ
Mãe faz vaquinha para custear tratamento da filha com síndrome de West
PROVA DE VIDA
Recadastramento de aposentados está suspenso até 30 de novembro
MEIO AMBIENTE
Homem é preso e multado por capturar e manter aves silvestres em cativeiro
SOLIDARIEDADE
TJ/MS lança Campanha de Natal e atenderá crianças, adolescentes e idosos
MIRANDA
Trio é preso com cocaína avaliada em R$ 1,7 milhão na BR-262
BRASIL
Governo anuncia eSocial simplificado e revisão de normas trabalhistas
JUSTIÇA
Sobrinho acusado de matar tio pelas costas será julgado nesta sexta
JUDICIÁRIO
Posse de Kassio Nunes Marques no STF será no dia 5 de novembro

Mais Lidas

DOURADOS
Acidente entre carreta e motocicleta mata mulher na BR-163
HOMICÍDIO EM 2013
Condenada pela morte do ex em Dourados é presa na Capital
DOURADOS
Motorista bêbado causa acidente em semáforo da Avenida Marcelino Pires
DOURADOS
Carona de motociclista que morreu em acidente com carreta corre risco de ter perna amputada