Menu
Busca quarta, 25 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Estado abre licitação para ter projeto do Anel Viário Sul

28 novembro 2019 - 09h23Por André Bento

O Governo de Mato Grosso do Sul divulgou nesta quinta-feira (28) aviso de licitação para contratar empresa que elabore projeto executivo de engenharia, com estudo de viabilidade técnico-econômica e ambiental (EVTEA), para implantação e pavimentação asfáltica, inclusive obras de arte especiais, do Anel Viário Sul em Dourados.

Sob responsabilidade da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), a tomada de preços nº 123/2019-DLO/AGESUL, Processo nº 57/101.653/2019, tem abertura agendada para as 10h do próximo dia 17 de dezembro, no Bloco 14 do Parque dos Poderes, na Avenida Desembargador José Nunes da Cunha, s/n, em Campo Grande.

O traçado indicado para estudo do Anel Viário Sul passa pelas rodovias BR-376, MS-156, MS-163, e BR-463. Na semana passada, depois que o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) cumpriu agendas em Dourados como parte do programa Governo Presente, a imprensa oficial do Estado divulgou que o projeto executivo em processo de licitação tem valor base de investimento de R$ 1,14 milhão.

Naquela mesma publicação, informou ainda que essa via deve ter mais de 40 quilômetros de extensão. É quase o dobro do tamanho da Perimetral Norte, obra de R$ 36,8 milhões entregue oficialmente no dia 20 de julho de 2012, em solenidade na rotatória da BR-163 que dá acesso à PED (Penitenciária Estadual de Dourados).

Feito pelo Governo do Estado por meio do Programa MS Forte, o anel viário já existente tem 25 quilômetros pavimentados, do entroncamento da BR-463, na saída para os municípios de Laguna Carapã e Ponta Porã, passando pelo entroncamento da MS-162, na saída para o distrito de Itahum, até o entroncamento da MS-156, saída para o município de Itaporã, e a rotatória de acesso à BR-163 na saída para Fátima do Sul.

No dia 3 de maio, o site institucional da Prefeitura de Dourados noticiou a apresentação de um anteprojeto do Anel Viário Sul ao superintendente da Sudeco (Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste, Marcos Henrique Derzi Wasilewsk, ocasião em que ele teria sido dado “sinal positivo e a promessa de apoio para a realização da empreitada” “com um custo estimado em R$ 70 milhões”.

Avaliado pela administração municipal como “a saída para o aumento do tráfego proveniente do crescimento industrial da cidade de Dourados”, o Anel Viário Sul tem o objetivo primordial de “estruturar o escoamento de safra e produção desviando o tráfego de caminhões e veículos pesados do perímetro urbano com a ligação entre o Distrito Industrial e a BR-163”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cinco ficam feridos e bebê de um mês morre após carro colidir em coqueiro
BONITO
Cinco ficam feridos e bebê de um mês morre após carro colidir em coqueiro
JUDICIÁRIO
Prisão domiciliar de Fabrício Queiroz será julgada pela 2ª Turma do STF
OAB avalia suspender advogado que pagava para estuprar garotas
ANASTÁCIO
OAB avalia suspender advogado que pagava para estuprar garotas
EDUCAÇÃO
UFGD sediará um dos maiores eventos do agronegócio brasileiro
PARANAÍBA
Idoso acusado de estuprar adolescentes morre antes de ser julgado
JUSTIÇA
Casal será indenizado por não ter passagens emitidas por agência de viagem
IMBRÓGLIO
TRF-3 manda UFGD encaminhar lista tríplice ao MEC
CAPITAL
Filho de massagista ajudou a esquartejar chargista e levou corpo
REGIÃO
PM captura três foragidos da justiça durante rondas em Bataguassu
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda com expectativa de liquidez global

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Mulher esfaqueia ex após discussão em hotel no Centro de Dourados
ENTERPRISE
Operação contra tráfico internacional de cocaína cumpre mandado de prisão em Dourados
CAPITAL
Funcionária de restaurante é presa em flagrante após furtar dinheiro do caixa
CRIME BÁRBARO
Suspeita de esquartejar e colocar corpo de namorado em malas se entrega à polícia