Menu
Busca quinta, 26 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
ESPORTES

Ginasloucos implanta escolinha de ginástica artística no “Douradão”

14 setembro 2017 - 13h35

O consagrado nacionalmente grupo de acróbatas Instituto Ginasloucos em parceria com a prefeitura municipal por meio da Funed (Fundação de Esporte de Dourados) e Unigran implantou no setor quatro do estádio Frédis Saldivar, o "Douradao" uma escolinha sócial educativa de ginástica artística que atenderá crianças e adolescentes com idade de 06 a 17 anos.

O projeto denominado de "Ginaslouquinhos" também terá um núcleo nas dependências do ginásio da Unigran e funcionará nos período matutino e vespertino, de segunda-feira a sexta-feira.

De acordo com informações do coordenador do projeto Antônio Carlos Barbosa, o "Kaká" e contará com quatro instrutores, sendo eles, no núcleo do "Douradão" estarão os profissionais em educação física Ingra Carbonaro Dib José e Cristyano de Mattos e na Unigran o criador do grupo Ginasloucos, Rogério da Cruz Montes e Henrique Maia Bezerra.

###HORÁRIO DE INSCRIÇÃO
Com inscrições gratuitas já abertas no estádio do "Douradão", os interessados devem comparecer segunda-feira, quarta, quinta e sexta-feira das 13 às 17 horas e na quarta-feira e sexta-feira das 07 às 11 horas munidos de documentos pessoais e dos pais ou responsáveis. "O projeto Ginaslouquinhos visa incentivar e estimular as crianças e os adolescentes a praticarem a ginástica artística e consequentemente formar cidadãos para quando assim atingir a maioridade" disse "Kaká" à reportagem acrescentando que o projeto conta com total apoio da prefeita Délia Razuk e do diretor/presidente da Funed Jânio César Amaro.

"Levamos o projeto e de imediato ele foi aprovado, pois a nossa meta é ensinar o maior número de crianças e adolescentes possíveis. O Ginaslouquinhos tem por objetivo quebrar barreiras sociais mostrando novos caminhos, novas possibilidades e um novo acesso ao futuro através do esporte, combater a evasão escolar, aprimorar a habilidade no esporte, estimulando a disciplina e os sentidos de coletividade e responsabilidade e formar e preparar atletas para competições" relatou "Kaká" à reportagem.

No "Douradão" nas quarta e sexta-feira pela manhã os professores ministrarão aulas para quatro categorias por idades, sendo elas: Das 07 às 8 horas estarão sendo atendidos os adolescentes de 15 a 17 anos; das 8h10 a 9 horas de 13 a 14, das 9h10 a 10 horas as crianças de 10 a 12 anos e das 10h10 a 11 horas as de 07 a 09 anos.

Já no período da tarde haverá aulas nos dias de segunda, quarta, quinta e sexta-feira das 13 às 14 horas com crianças de 06 a 09; das 14 às 15 horas de 10 a 12 anos, 15 às 16 horas de 13 a 14 anos e às 16 às 17 horas de 15 a 17 anos.



Deixe seu Comentário

Leia Também

Pacientes mortos pela covid desenvolveram fibrose pulmonar
PANDEMIA
Pacientes mortos pela covid desenvolveram fibrose pulmonar
ECONOMIA
Dólar fecha em alta em dia de volume reduzido
Onça-pintada ferida em incêndio no Pantanal passa por tratamento
OZONIOTERAPIA
Onça-pintada ferida em incêndio no Pantanal passa por tratamento
Em quatro décadas, sul-mato-grossense aumenta em 13,4 anos expectativa de vida
LEVANTAMENTO
Em quatro décadas, sul-mato-grossense aumenta em 13,4 anos expectativa de vida
Tentativa de roubo termina com assaltante morto a tiros e policial ferido
PONTA PORÃ
Tentativa de roubo termina com assaltante morto a tiros e policial ferido
PEDRO JUAN
Quatro corpos são encontrados enterrados na fronteira
CAGED
Dourados fecha outubro com quase 500 novos postos de trabalho
FUTEBOL DE BASE
Federação Paulista cancela Copa São Paulo de 2021
LEGISLATIVO
Assembleia Legislativa recebe três projetos de lei do Poder Executivo
DEFENSORIA PÚBLICA
Live Solidária arrecada brinquedos para doar a crianças em situação de risco

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Mulher esfaqueia ex após discussão em hotel no Centro de Dourados
DOURADOS 
Foragido, autor de homicídio condenado a 16 anos é preso no Novo Horizonte
CRIME BÁRBARO
Suspeita de esquartejar e colocar corpo de namorado em malas se entrega à polícia
IMPROBIDADE
Caso de vereador que perdeu mandato em Dourados tem desfecho no STJ