Menu
Busca quinta, 09 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Futuro do Sete de Dourados segue incerto; presidente pede ajuda

12 dezembro 2012 - 14h15

As chances do Sete de Dourados ser obrigado a desistir do Campeonato Estadual de Futebol de 2013 por falta de patrocínios aumentam a cada dia. O presidente do clube, Benjamin Barbosa, disse que a situação só piora com a aproximação do final do ano. Ele teme que não consiga firmar uma parceria a tempo de montar o time para as disputas que começam já em janeiro.

“Há meses temos tentando de tudo, mas não fechamos nada de concreto até agora. Depois que o ano virar as coisas ficam ainda mais complicadas, pois em poucos dias já começa o campeonato. Temos um bom projeto e um elenco selecionado. O que falta é o investimento para termos um respaldo e colocarmos em prática aquilo que foi elaborado pela diretoria, mas do jeito que está, acho difícil isso se concretizar”, disse Benjamin.

Na última segunda-feira, a Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS) lançou em Campo Grande, oficialmente, o Campeonato Estadual. O evento reuniu empresários, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e representantes das 14 equipes que vão participar, exceto o Sete. O presidente explicou: “Não enviamos ninguém, pois não sabemos se vamos jogar. Seria desconfortável participar do evento e depois desistir da competição”.

Durante a celebração de lançamento foram apresentadas duas novidades por parte da FFMS. A primeira é o investimento da Chevrolet no Estadual e a outra é quantidade de jogos a serem transmitidos ao vivo pela TV Morena, emissora afiliada à Rede Globo. Entre 10 e 12 partidas serão exibidas em rede aberta para todo Estado, aumentando ainda mais a visibilidade dos clubes, bem como de suas instituições investidoras.

“Tivemos uma boa atuação no campeonato deste ano, passamos da primeira fase. A competição de 2013 tem todos estes atrativos com mais transmissão dos jogos, mas nem isso parece despertar o interesse da classe empresária de Dourados. Temos alguns apoiadores, mas precisamos de mais, caso contrário teremos que abrir mão de tudo. Se isso acontecer seremos rebaixados e vamos jogar a Série B. Não queremos isso”, lamentou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SANEAMENTO BÁSICO
Esquema envolvendo funcionários de estatal desviava materiais de construção
SAÚDE
Municípios do interior começam a receber respiradores hospitalares nesta semana
FLAGRANTE
Contrabando de cigarros é apreendido escondido em meio a fenos
REGIÃO
Após investigações, polícia prende dupla realizava furtos em Maracaju
ARTIGO
Dourados não pode errar!
POLÍCIA
Acusado de tentar matar duas pessoas em chácara acaba preso
EMERGENCIAL
Receita regulariza CPFs com pendências para pagamento de auxílio
CONTRA O COVID-19
Com início do feriado, MS registra 58 mil pessoas abordadas em barreira
REGIÃO
Operação fecha ‘boca de fumo’ com cinco ‘funcionários’ em Juti
BALANÇO
Em 3 meses, AGU cobra R$ 37 mi de autores de irregularidades em autarquias

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher tenta desviar de buraco, é atropelada por carreta e morre
DOURADOS
Assassinos de homem no Parque das Nações roubaram celular de testemunha
DOURADOS
Na volta ao atendimento, populares formam filas longas em frente a agências bancárias
DOURADOS
Mulher morta em acidente cursava pedagogia e terá corpo levado a Naviraí