Menu
Busca domingo, 29 de março de 2020
(67) 9860-3221

Feira da Música pode ser realizada em Dourados em 2004

16 dezembro 2003 - 12h48

A I Feira de Música dos Sul-mato-grossenses, que será realizada no sábado e domingo em Campo Grande, pode ter edições em cidades no interior em 2004. A informação foi divulgada por um dos idealizadores do evento, Idemar Sprandel, que coordena a Câmara Setorial de Música do Fórum Estadual de Cultura. A idéia inicial é assegurar a realização anual da feira e propor sua realização nas cidades pólo como Dourados, Três Lagoas, Coxim e Corumbá, além da Capital.Isso, segundo Idemar, sem descartar as palestras e debates que ajudem a organizar os músicos do Estado. A primeira edição da Feira vai acontecer no Centro Cultural Octávio Guizzo. Segundo a Secretaria de Cultura Esporte e Lazer de Mato Grosso do Sul, durante os dois dias, o espaço vai receber 40 intérpretes, músicos e grupos musicais locais. As apresentações estão programadas para iniciarem às 8 horas de sábado, e entrada gratuita. As apresentações acontecerão até às 24 horas, sendo suspensas apenas durante o horário de almoço. A maioria das exibições serão de cerca de 40 minutos e entre as atrações programadas estão Dino Rocha, Tostão e Guarany, Betinho Sacode, Tangará e Zé Viola, Gilson Espíndola, Beth e Betinha, Aurélio Miranda, Zé Dú, Lenilde Ramos, Zezinho do Forró, Carlos Colman, Alcir, Maria Alice, Amambay e Amambaí, Vaticano 69, Celito Espíndola, Paulo Gê, Juci Ibañez, Arara Rara, Airton Missioneiro e Jairo, Luis Goiano e Girsel da Viola, Karina Marx, Alcir, Maria Cláudia e Marcos Mendes, Aral Cardoso, Raízes do Samba, Grupo Bailezito, A Gema do Omi, Orlando Brito, Lia Maio, Manoel Correa e Grupo, Camerun, Geraldo da Harpa, Bruna Campos, Gilson e Júnior, Zíngaro, Trovadores do Tempo e Bibi do Cavaco. O encerramento no domingo terá show com o violonista Marcelo Loureiro. Idemar explica que para a edição de número 1, a Feira visa valorizar o trabalho dos artistas locais e cria oportunidades para a população conhecer melhor, gratuitamente, nossos intérpretes, instrumentistas e compositores, surgindo também como boa opção de presente neste fim de ano. Isto porque, estarão a venda mais de 100 títulos de CDs, de todos os gêneros musicais, a preços entre R$ 5,00 e R$ 10,00.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Prefeitura pretende manter estratégias após primeiras confirmações de coronavírus
SAÚDE
Ministério alerta para risco do uso de cloroquina sem indicação médica
AMAMBAI
Motociclista morre após colisão contra Hilux na região de fronteira
DOIS ANOS
TJ/MS prorroga a validade do VIII Concurso Público de Servidores
PREVENÇÃO
Paraguai estende isolamento total contra o coronavírus até 12 de abril
CORONAVÍRUS
'Se sair andando todos de uma vez, vai faltar para rico e pobre', diz Mandetta
BATAGUASSU
Homem é preso após tentar atropelar e ameaçar manter família em cárcere
ARTIGO
COVID-19: Reflexões a respeito do primeiro caso registrado em Dourados
CORUMBÁ
Sete bolivianos são flagrados tentado entrar irregularmente no Brasil
ECONOMIA
Judiciário destina R$ 89 mil para combate ao COVID-19 em Dourados

Mais Lidas

COVID-19
Saúde confirma coronavírus para mulher internada em Dourados e casos chegam a 28 em MS
COVID-19
Dourados confirma primeiro caso do novo coronavírus
COVID-19
Mulher de 52 anos é o 2º caso de coronavírus em Dourados, total no Estado é de 31
DOURADOS
Sindicato emite nota e diz que empregados foram obrigados a participar de ato