Menu
Busca sexta, 05 de março de 2021
(67) 99257-3397

Estado investe em infra-estrutura em Dourados

10 maio 2004 - 13h32

Sem computar os investimentos com a re-adequação da Avenida Guaicurus e os mais recentes repasses de emulsão asfáltica e outros serviços, o Governo do Estado, nas duas gestões José Orcírio Miranda dos Santos, até 2003, investiu R$ 26.476.585,39 somente na área de infra-estrutura.Um levantamento resumido da Secretaria de Estado de Coordenação Geral, por intermédio da Subsecretaria de Articulação das Políticas de Desenvolvimento Regional, mostra que esse dinheiro foi aplicado na conservação corretiva de vários trechos, fornecimento de 302 toneladas de emulsão asfáltica, construção de 18 unidades habitacionais através do “Novo Habitar” (FIS), outras 514 casas do “Novo Habitar” (CEF/Prefeitura de Dourados/Governo), pavimentação asfáltica e revestimento primário e construção de pontes e reforma de 8 na zona rural.Aparecem também obras de saneamento como o abastecimento de água e ampliação da rede coletora de esgoto, perfuração de superpoços e construção de reservatórios, otimização e melhoria das Estações de Tratamento de Esgoto (ETE) do Laranja Doce e Guaxinim (em execução), reforma, ampliação do prédio operacional do Sistema de Abastecimento de Água (SAA), além de outros R$ 3 milhões gastos em infra-estrutura de uma forma geral.Isso é fruto da parceria permanente que a Prefeitura mantém com o Estado, o chamado alinhamento político-administrativo. Esse capítulo do relatório não inclui investimentos em educação, produção, programas sociais, repasses, saúde, cultura, assistência social e segurança pública. No cômputo geral, sem somar dezenas de outros convênios de parcerias em diferentes áreas, o investimento passa de R$ 180 milhões.No caso específico da infra-estrutura, os maiores investimentos são com pavimentação asfáltica e revestimento primário (este, o popular “cascalhamento”, R$ 5,5 milhões), o abastecimento de água e ampliação da rede coletora de esgoto (R$ 6,3 milhões). Em terceiro lugar, aparece a perfuração, ativação de superpoços e construção do reservatório com capacidade de 2.200m3 e 3500 m3: R$ 4,2 milhões. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PM apreende carga de cigarros em dois carros que seguiam para Campo Grande
CONTRABANDO
PM apreende carga de cigarros em dois carros que seguiam para Campo Grande
Pandemia prejudica transplante de órgãos no Brasil
SAÚDE
Pandemia prejudica transplante de órgãos no Brasil
Grêmio confirma renovação com Renato Portaluppi para 2021
FUTEBOL
Grêmio confirma renovação com Renato Portaluppi para 2021
LEGISLATIVO
Mais dois municípios de MS têm calamidade pública prorrogada
'Dia D' quer vacinar 400 pessoas de grupos prioritários amanhã
COVID
'Dia D' quer vacinar 400 pessoas de grupos prioritários amanhã
MATO GROSSO DO SUL
Executivo envia projeto para criar fundação de apoio à pesquisa e à Educação
BOLETIM
Covid faz novas vítimas fatais e outras 65 pessoas contraem o vírus em Dourados
LOTERIAS
Sorteio da Mega pode pagar prêmio de R$ 22 milhões amanhã
ARTIGO
130 anos de Excelência?
REGIÃO
Polícia flagra caminhão carregado com pneus do Paraguai

Mais Lidas

DOURADOS 
Vídeo mostra momento da colisão entre veículos em Dourados
PONTA PORÃ
Casal é assassinado na fronteira e corpos são deixados um ao lado do outro
NOVA DOURADOS
Colisão entre veículos deixa pessoa gravemente ferida em Dourados
PANDEMIA 
Secretário alerta para nova variante do coronavírus na região da Grande Dourados