Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Esgoto de assentamento é despejado no Rio Dourados

22 janeiro 2010 - 09h19

A rede de esgotos existente no Assentamento Itamarati, com mais de 25 anos, está abandonada há vários anos e os dejetos sem nenhum tipo de tratamento estão escorrendo para dentro do rio Dourados. O provável crime ambiental está sendo alvo de levantamento da Sociedade de Defesa do Meio Ambiente (Sodema) de Ponta Porã, que deve acionar o Ministério Público Estadual.

A rede recebe esgotos de 70 residências e 10 edificações da Vila do Secador, 40 residências da Vila do Hangar e 185 residências e 25 edificações da Vila da Sede. Em razão da antiguidade e da falta de manutenção, a tubulação não suporta o volume de dejetos despejados em toda sua extensão. Dos três canais existentes, dois estão estourados há mais de um ano.

No final dos três canais existem dois tanques para a decantação e tratamento dos dejetos. Foram construídos com orientação técnica e eram utilizados pela antiga Fazenda Itamarati. Ali o esgoto era decantado, tratado e filtrado, antes de ser despejado no rio Dourados. Desde que a antiga fazenda foi transformada em assentamento, a estrutura foi abandonada.

A suspeita dos técnicos da Sodema é que o esgoto esteja sendo jogado sem tratamento no rio. A grande dificuldade dos organismos ambientais é saber de quem é a responsabilidade sobre o problema, que se agrava a cada dia. O Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) alega que a manutenção dessa rede de esgotos não é de sua competência e sim da Prefeitura de Ponta Porã.

A Secretaria municipal de Obras e Infra-estrutura diz que só poderá se manifestar depois que todas as estruturas dos núcleos urbanos dos dois projetos forem repassadas definitivamente para o município, situação que também permitiria o envolvimento direto de equipes da Secretaria Municipal de Integração, Turismo e Meio Ambiente.

COMUNIDADE

Diante do impasse, a responsabilidade social dos moradores do assentamento caberia à Ampai (Associação dos Projetos de Assentamento Itamarati), que representa os núcleos urbanos dos Assentamentos Itamarati I e II, fundada em 2005. Seu Estatuto Social reza no item XII do artigo 4º que a entidade deve “defender de modo intransigente o meio ambiente, a qualidade de vida, a cidadania e os direitos humanos”.

Esgoto escapa da tubulação e corre para sem tratamento para o rio

E na letra “c” do parágrafo 1º do item XVII diz: “Meio Ambiente – melhoria das condições de saneamento; programas de reflorestamento; preservação dos mananciais de água potável; programas de desenvolvimentos sustentáveis e defesas da biodiversidade em todas as suas manifestações; busca de solução dos problemas do lixo urbano, sua destinação racional, tratamento e reciclagem, através de orientação técnica e estímulo à formação de cooperativas de coleta seletiva de materiais reaproveitáveis, de reciclagem e outras”.

De acordo com os entes envolvidos, a Ampai contaria inclusive com recursos disponíveis em caixa e poderia executar essa manutenção. Em virtude do problema ambiental, tanto a Sodema quanto a população dos núcleos informaram que pretendem ingressar com queixa-crime junto ao Ministério Público Estadual (Promotoria de Justiça do Meio Ambiente), já que poluir rios com esgotos é crime.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONTRABANDO
Mais de 700 celulares que seriam levados ao MT são apreendidos
DOURADOS
Porta-voz da prefeita diz que decretos têm base técnica após crítica do empresariado
DOURADOS
Em nova ação, BPW entrega aventais e máscaras para trabalhadores da saúde
PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
ECONOMIA
Agronegócio sul-mato-grossense vendeu 87% da soja e 37% do milho
TRÁFICO
Polícia apreende mais de meia tonelada de maconha durante barreira sanitária
PANDEMIA
Com crescimento no número de casos de coronavírus, Dourados inicia barreira sanitária
TACURU
Homens são abordados transportando drogas em ônibus na MS-295
DOURADOS
Prefeitura homologa mais R$ 78 mil em dispensas de licitação para compra de EPI’s
CAARAPÓ
Jovens são apreendidos com 81kg de drogas na MS-156

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher