Menu
Busca sábado, 15 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Enquanto reforma não vem, usuários enfrentam precariedade no aeroporto

08 janeiro 2020 - 10h16Por Vinicios Araújo

Enquanto aguardam a hora do embarque, passageiros do Aeroporto Regional de Dourados Francisco de Matos Pereira são obrigados a encarar uma dura realidade na estrutura precária da sala que dá acesso à pista. 

Com a cobertura do teto quebrada, a chuva de ontem (7/1) deixou o setor alagado.

A reforma do aeroporto, esperada desde dezembro de 2012, quando Dourados foi incluída no ‘Programa de Investimentos de Logística: Aeroportos do Governo Federal’, possui investimento avaliado em R$ 49 milhões, incluindo novo aeroporto, pista, pátio, terminal, sala de desembarque e embarque, e torre de controle.

A previsão para início das reformas é entre março e abril. O que falta é a conclusão do projeto de engenharia. Quem executará a obra é o Exército Brasileiro. 

Ainda segundo relatos denunciados ao Dourados News, passageiros do aeroporto sofrem com a presença de pernilongos no saguão, área de embarque e banheiros. Nesta manhã a reportagem esteve no local e populares confirmaram o incômodo com os insetos.

Por mês, o aeroporto registra movimentação aproximada a 10 mil usuários.

Desde o ano passado a estação conta com duas empresas de aviação, a Azul e a Passaredo Linhas Aéreas. Ainda há expectativa para implementação de voos da Gol Linhas Aéreas ainda este ano.

O QUE DIZ A ADMINISTRAÇÃO?

Procurado pelo Dourados News, o diretor aeroportuário Juliano de Almeida Domingos disse que no final de dezembro foi solicitado à Agetran (Agência Municipal de Trânsito) a reforma do teto na sala de embarque. O pedido foi reforçado nos primeiros dias de 2020. 

Segundo ele, a autarquia se comprometeu em abrir um processo licitatório de emergência para consertar a cobertura danificada. 

Sobre a incidência de pernilongos ele assegurou que equipes do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) tem efetuado ações de combate. 

“Ano passado tiveram reclamações, mas eles vieram e fizeram dedetização. De água parada não tem nada, o pessoal do CCZ veio aí e viu tudo então está sendo só o fumacê mesmo”, completou.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Vítimas de calote municipal recorrem de decisão que extinguiu ações sem julgamento
CAPITAL
Festa em condomínio termina com prisão do dono da casa e músico
BRASIL
Covid-19: profissionais de saúde podem se alistar para teste de vacina
CONFLITO FUNDIÁRIO
STF fará audiência sobre reintegração de imóveis rurais ocupados por índios em Dourados
BRASIL
Sinos de igrejas em todo país tocam em homenagem a mortos por covid-19
PLATAFORMA
DJ eletrônico do STF será divulgado às 19h a partir de 31 de agosto
DOURADOS
Investigação que originou Operação Contágio será arquivada e parte vai ao MPF
ECONOMIA
Vendas externas de açúcar aumentam 200% de janeiro a julho e MS é 6º maior exportador do país
BRASIL
“Obstáculos serão vencidos”, diz Bolsonaro durante cerimônia militar
FALTA DE ÁGUA
Indígenas vão à Câmara e pedem solução para problema antigo na Reserva de Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Fogo destrói lanchonete, invade loja e queima várias motocicletas
DOURADOS
Decreto deve autorizar volta de cursos profissionalizantes e atividades práticas de universidades
PANDEMIA
Prefeitura autoriza abertura de bares e flexibiliza funcionamento de outros setores
DOURADOS
Operação 'Gambiarra' mira reformas de escolas municipais pagas por secretária em nome de empresa