domingo, 07 de agosto de 2022
Dourados
29°max
18°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
DOURADOS

Enfermagem protesta com paralisação por "quatro anos de indiferença da prefeitura"

23 novembro 2020 - 10h03Por André Bento

O protesto realizado na manhã desta segunda-feira (23) na Prefeitura de Dourados pelo Sindenf, entidade sindical que representa profissionais de enfermagem, serviu para deixar claro a insatisfação dessa categoria com quatro anos de indiferença da administração municipal. 

Essa é a opinião da auxiliar de enfermagem Elizabeth Pereira Neto Oliveira, presidente do sindicato. Ao Dourados News, ela reforçou as queixas já anunciadas na semana passada, que envolvem falta de materiais, insumos e até equipamentos de proteção individual, além do atraso no pagamento de inventivo previsto em acordo.

“Viemos demonstrar nossa insatisfação com a gestão, assim como nos tratou durante esses quatro anos com tanta indiferença, nós também estamos hoje fazendo a mesma coisa, mostrar que não aprovamos e que os próximos gestores que virão tenham carinho e respeito por nós profissionais de saúde”, afirmou. 

Ponto central dos protestos foi o pagamento do PMAQ, que é o Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica. Pago com base em indicadores de avaliação feita pelo Ministério da Saúde, esse recurso visa incentivar gestores e equipes a melhorar a qualidade dos serviços de saúde oferecidos aos cidadãos do território nos acordos firmados e falta de materiais, insumos e EPI's. 

No entanto, embora acordo firmado em âmbito municipal estabeleça divisão igualitária entre os valores pagos à Secretaria Municipal de Saúde e aos servidores, quem trabalha na ponta do atendimento sofre com atrasos recorrentes.

Elizabeth explica que o mais recente pagamento estava previsto para agosto e mesmo com seguidos ofícios enviados à administração municipal cobrando respostas, somente na sexta-feira de tarde, após a imprensa noticiar a paralisação programada para hoje, a prefeitura respondeu. 

“Já tínhamos enviado ofícios sem resposta. Quando saiu na mídia que faríamos esse movimento nos responderam os ofícios, informando que vão pagar em folha o incentivo, sem descontos do Previd e do imposto de renda”, informou. “Uma secretária de Saúde disse que pagaria até o final de julho. Mas vamos receber em dezembro porque não tiveram tempo de fazer o empenho”, queixou-se. 

Ainda segundo a líder sindical, o dinheiro vem todo mês para o município, mas o repasse dos 50% para servidores só ocorre a cada seis meses. 

“Nós precisávamos fazer isso também para mostrar o quanto estamos indignados com essa gestão, durante os quatro anos, com tanta troca de secretários e com isso tantas desculpas para não sermos valorizados como merecemos”, afirmou a presidente do Sindenf.

Quanto aos materiais, insumos e equipamentos de proteção individual em falta, o sindicato divulgou lista mencionado álcool em gel, Clorexidine e pvipi, esparadrapo e fita micropore, Otoscópio, pilhas diversas, bolsa coletora de urina, teste rápido de gravidez, agulha 40x12, 20x5.5, luva de procedimento e luva estéril de diversos tamanhos, papel toalha, máscara cirúrgica, sonda vesical, anestésico, cateter tipo óculos, abocath, Xylocaina, seringa de 5 ml, lâmina e fixador celular, lençol ginecológico, Scalp de diversas numerações, gaze tipo queijo, polifix, fita crepe, máscara com reservatório, tesoura ponta romba, e esfigmo. 

“Desde que começou a pandemia não teve nenhuma licitação de EPI ou material para nós, foram todos doação, doação que tivemos que buscar com nossos carros na associação”, critica. (saiba mais)

O Dourados News tentou contato com o secretário municipal de Saúde Jackson Farah Leiva para obter um posicionamento oficial, mas ele não pode atender por estar em reunião. O espaço para se manifestar segue aberto desde já, caso queira.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA

Eleições 2022 mantém maioria do eleitorado feminina, com 53%

Boca de fumo é fechada e traficante preso na fronteira
POLÍCIA

Boca de fumo é fechada e traficante preso na fronteira

Ministério lança campanha de combate à violência contra a mulher
DIREITOS HUMANOS

Ministério lança campanha de combate à violência contra a mulher

Inscrições para mestrado profissional em Ensino em Saúde encerram em 10 de agosto
UEMS

Inscrições para mestrado profissional em Ensino em Saúde encerram em 10 de agosto

Jornalista divulga pesquisa sobre filho bastardo do imperador Pedro I
LEVANTAMENTO

Jornalista divulga pesquisa sobre filho bastardo do imperador Pedro I

TURISMO

Brasil tem quatro aeroportos entre os mais pontuais do mundo

DOURADOS

8ª Feira da Reme segue até a noite deste domingo no Parque dos Ipês

POLÍTICA

Vera Lúcia, do PSTU, registra de candidatura à Presidência no TSE

ECONOMIA

Caminhoneiros começam a receber benefício emergencial nesta terça

Homem é preso com arma e mais de 100 munições avaliadas em R$ 10 mil

Mais Lidas

TRAGÉDIA

Mulher que morreu em acidente na BR-463 era agrônoma de Dourados

TRAGÉDIAS

Agosto começa com quatro mortes por acidentes de trânsito em Dourados 

LUTO

Conselho de Agronomia lamenta morte de jovem agrônoma em acidente

TENTAVIVA DE HOMICÍDIO

Susto provocado por cachorro e discussão terminam com ciclista baleado