Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Encontro reunirá artesãos indígenas de 5 etnias em Dourados

01 setembro 2004 - 13h42

Um encontro em Dourados vai reunir, no Parque dos Ipês, em Dourados, o melhor do artesanato produzido por indígenas de cinco etnias.A mostra “Mercado Étnico - Arte Indígena, Artesanato e Cultura Popular do Mato Grosso do Sul” acontecerá entre os dias 9 e 12 de setembro e terá peças produzidas por guaranis (Kaiowá e Nandeva), guatós, kadiwéus, ofayé-xavantes e terenas, além de material produzido por artesãos não índios.O evento é realizado pela Oikos Cooperativa de Trabalho Sócio Ambiental, de Campo Grande, em parceria com a Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo da Prefeitura de Dourados. O objetivo do evento, que promete ser o mais diversificado do artesanato no Estado, é estimular o desenvolvimento local e cultural, fomentando a troca de tecnologia, oportunizando a geração de trabalho e renda entre os grupos participantes.O segmento artesanal de Mato Grosso do Sul, apresenta-se com design e tecnologia diferenciada pela rica diversidade cultural encontrada na região. Isso porque o estado originou-se a partir da mistura de povos, como por exemplo: os paraguaios e bolivianos; migrantes vindo de diversas partes do país, e, sobretudo as etnias indígenas que já habitavam a região. Historicamente o Estado concentrou um grande número de indígenas e hoje, possui a segunda maior população de indígenas do Brasil, 31.069 índios. Muito dos costumes, manifestações artísticas e folclóricas têm raiz nos traços marcantes deste povo. Essas manifestações culturais eram repassadas pelos ancestrais, assim, perpetuando a arte por meio do tempo. Entre as diversas manifestações artísticas provindas deste povo é mais expressiva a etnografia indígena, isto é, símbolos expressos em formas e cores que variam de uma etnia para outra. Em grande parte do artesanato encontrado na região, tanto dos grupos indígenas, quanto dos não índios pode ser encontrado este tipo de expressão artística. Outra influência para está mistura de ritmo e de cores, e que expressa as peculiaridades da região é a harmonia com a natureza. Ela pode ser reconhecida na cerâmica, tecelagem, traçados, bordados e no paladar a exemplo dos doces, comidas típicas e licores de frutas típicas da região.

Deixe seu Comentário

Leia Também

De MS, Cowboy leva outro ouro e dupla feminina vai para Tóquio
PARADESPORTO
De MS, Cowboy leva outro ouro e dupla feminina vai para Tóquio
Polícia encerra festa com aglomeração em Bonito e apreende aparelho de som
REGIÃO
Polícia encerra festa com aglomeração em Bonito e apreende aparelho de som
Seminário online gratuito debate acessibilidade e inclusão digital
DIREITOS HUMANOS
Seminário online gratuito debate acessibilidade e inclusão digital
Dourados confirma mais de 200 novos casos de coronavírus e dois óbitos
PANDEMIA
Dourados confirma mais de 200 novos casos de coronavírus e dois óbitos
Senado vai analisar projeto com novas regras para o licenciamento ambiental
POLÍTICA
Senado vai analisar projeto com novas regras para o licenciamento ambiental
REGIÃO
Bandidos invadem fazendas no interior do Estado
INTERNACIONAL
Israel destrói prédio em Gaza que abrigava escritórios de imprensa
ANAURILÂNDIA
Em MS, homem é autuado em R$ 65 mil por degradar área de córrego
TECNOLOGIA
Começa a valer hoje nova política de privacidade do WhatsApp
REGIÃO
Foragido por aplicar golpe de R$ 30 mil em SP é detido no MS

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Murilo Zauith passa por reabilitação e segue internado em SP
TRÁFICO DE DROGAS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
DOURADOS
Criança encontrada morta apresentou problemas estomacais uma semana antes
CACHOEIRINHA
Polícia fecha ponto de distribuição de drogas e prende abastecedor