Menu
Busca quarta, 05 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
ECONOMIA

Arroba do boi custava R$ 46 mais barato há um ano em MS

18 dezembro 2019 - 08h48Por André Bento

Dados da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) divulgados no mais recente boletim Casa Rural mostram que o preço médio por arroba de boi era R$ 46,82 mais barato há um ano no Estado, passou de R$ 143,86 para R$ 190,68. No caso da vaca, a alta entre dezembro de 2018 e o atual foi de R$ 45,10, subiu de R$ 133,95 para R$ 179,05.

Segundo a entidade representativa do setor agropecuário estadual, a cotação da arroba registrou volatilidade desde o início do mês. A do boi saiu de R$ 203,33 no dia 2 para R$ 180,00 em 16 de dezembro e na segunda-feira (16) foi cotada a R$ 184,75. Em igual período, a arroba da vaca caiu de R$ 193,33 para R$ 166,67 e posteriormente atingiu R$ 168,13.

“O comportamento quase linear a partir de 10/12 é indicativo de que os preços buscam nova referência. A oferta de animais terminados ainda não ganhou força e isso mantém o equilíbrio com o consumo doméstico cauteloso e exportações moderadas”, pontua o boletim Casa Rural.

Esse documento cita ainda dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, segundo o qual até a segunda semana de dezembro o Brasil exportou 6.300 toneladas de carne bovina in natura, número 18,76% menor que a média diária de novembro e valor igual ao volume diário de dezembro de 2018.

Segundo a Famasul, as exportações do agronegócio sul-mato-grossense totalizaram US$ 4,6 bilhões em receita entre janeiro e novembro deste ano. Embora o valor seja 9,99% menor do que o computado no mesmo período de 2018, a representatividade, em volume, chega a 95,53% de tudo o que o Estado comercializa no mercado internacional.

“Entre janeiro a novembro de 2019 as exportações com desempenho positivo em relação ao igual período de 2018 foram: carnes com aumento de 17,12% e faturamento de US$ 915 milhões, produtos florestais com 4,87% e receita de US$ 1,87 bilhão e o milho com crescimento de 363,49% e faturamento de US$ 405,5 milhões”, detalha o boletim Casa Rural.

Ainda de acordo com a publicação, o faturamento dos produtos florestais representou 40,55% das exportações do agronegócio estadual, enquanto o complexo soja respondeu por 26,61% e as carnes por19,77% da receita com as exportações desse setor econômico.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TEMPO
Quarta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
CAPITAL
Motorista foge sem pagar após abastecer em posto de combustíveis
COVID-19
MPF quer que pastor Valdemiro Santiago pague indenização por falsa cura
Golpista ‘rouba’ fotos de médica no Instagram e se passa por ela no WhatsApp
ESPIONAGEM
Cármen Lúcia pede que governo explique dossiê contra antifascistas
CRIME AMBIENTAL
Fazendeiro é multado em R$ 38 mil por desmatamento ilegal de área protegida
COMENDA
Dourados vai receber quinta-feira o “Premio Prefeitura Amiga da Mulher”
TRÁFICO
Jovem de 18 anos é preso com Skank que seria lavada para Goiás
LAVA JATO
STF manda tirar delação de Palocci divulgada por Moro de ação contra Lula
CAPITAL
Sequestro e cárcere: Homem é resgatado do porta-malas de veículo

Mais Lidas

DOURADOS
Peladão: Homem é detido após armar confusão em motel e quebrar vários quartos
DOURADOS
Condutor de veículo que atropelou ciclista e fugiu sem prestar socorro é identificado
POLÍCIA
Duas mulheres são presas por estelionato em Dourados
TRAGÉDIA
Mulher que morreu em acidente na BR-463 em Ponta Porã tinha 27 anos