Menu
Busca terça, 21 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
DOURADOS

"Tem que encarar"; trabalhadores contam rotina nesses dias 'gelados'

28 julho 2021 - 14h17Por Wender Carbonari

Acordar cedo para ir trabalhar não é uma tarefa fácil para maioria das pessoas. Com as baixas temperaturas em Dourados nesta semana, a missão de levantar da cama tem se tornado ainda mais complicada, principalmente para milhares de trabalhadores que atuam em ambientes abertos.

O Dourados News percorreu a Avenida Marcelino Pires nesta manhã de quarta-feira (28) para conversar com algumas pessoas que enfrentam o dia-a-dia gelado nas ruas de Dourados. 

Entre as categorias com maior exposição ao clima frio e aos fortes ventos estão as que usam motocicletas com instrumento de trabalho. Mototaxista em Dourados há 20 anos, Ronaldo Juvêncio, 44, usa da experiência para se esquentar. 

Ele explica que todos os dias deixa um ‘kit’ preparado com os acessórios necessários para proteger praticamente todo o corpo. 

“Rapaz, tem que por pelo menos duas calças, jaqueta de couro, luva, touca, tudo no jeito para sair. Quando dá 6h já estou na rua. Tem gente que deixa agendado um dia antes, então tem que pular cedo da cama”, contou. 

Juntamente com os companheiros Ari, 53, que trabalha como mototaxista desde 1996 e Éder, 39, atuante neste ramo há seis anos, Ronaldo aproveitou para reclamar de problemas na estrutura de alguns pontos de mototáxi, deixando os trabalhadores em espaço aberto por mais tempo.

Durante a caminhada pela região central de Dourados, a equipe de reportagem encontrou ainda diversos vendedores ambulantes, trabalhadores que fazem a fiscalização do parquímetro, além de vendedores de produtos alimentícios. 

Viviane Farias, 38, por exemplo, abre todas as manhãs a banquinha onde comercializa salgados e café. Às 6h30, ela e sua mãe Aparecida Farias, 57, tem que estar de prontidão no ponto localizado na região da Cabeceira Alegre.

“Não tem segredo não. O jeito é acordar, levantar da cama e por roupa mesmo. O bom é com esse tempo de frio vende mais café”, comentou. 


Viviane vende salgados e café em banquinha instalada na Avenida Marcelino Pires - (Crédito: Dourados News)

Geada

O clima deve ficar ainda mais gelado em Dourados nos próximos dias. 

Previsão do CPTEC/INPE (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) indica temperaturas variando entre 0ºC e 15ºC na quinta-feira (29), de -2ºC a 21ºC na sexta-feira (30), e de -1ºC a 24ºC no sábado (31).

A exposição excessiva ao frio pode gerar danos à saúde como queimaduras, alergias, mudança de cor nos pés ou nas mãos, congelamento da pele, feridas ou inchaços e até hipotermia. 


 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Bola Cheia...! Bola murcha...!
COLUNA
Bola Cheia...! Bola murcha...!
No CETEPS, aluno sai com diploma de técnico em enfermagem em 18 meses
INFORME PUBLICITÁRIO
No CETEPS, aluno sai com diploma de técnico em enfermagem em 18 meses
AQUIDAUANA
Acusado de atirar na nuca de policial é condenado a 18 anos de prisão
BENEFÍCIO
INSS: quase cinco milhões terão de fazer prova de vida até 2022
DOURADOS
Agetran e Sucata Cultural realizam nesta terça Abordagem de Veículos 
NOVA YORK
Discurso de Bolsonaro abre debate da 76ª Assembleia Geral da ONU
AGRO
Semagro e Iagro lançam campanha para produção de alimentos seguros
CHAPADÃO DO SUL
Caminhão-tanque com etanol pega fogo e quase vai pelos ares
TEMPO
Terça-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
Homem é preso com carro roubado no RJ que seria levado para a Bolívia

Mais Lidas

DOURADOS
'Buguinha' é presa e diz que matou caseiro por legítima defesa
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
DOURADOS
Envolvida em execução de detetive é presa novamente em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina