Menu
Busca sábado, 28 de março de 2020
(67) 9860-3221

Educação indígena terá semana decisiva, diz vereador Aguilera

06 fevereiro 2013 - 13h27

O vereador Aguilera de Souza (PSDC) considera essa semana como decisiva no planejamento da educação indígena do município de Dourados. Após um mês de reuniões, levantamentos e considerações sobre o assunto, finalmente o núcleo municipal de educação indígena deve ser restabelecido.

Na ultima sexta-feira, dia 1º de fevereiro, o vereador se reuniu com o prefeito Murilo Zauith (PSB) e a secretária de educação Marinise Mizoguchi, e as lideranças das Aldeias Jaguapiru, Bororó e do Panambizinho para apresentar as reivindicações para o planejamento da educação indígena.

Durante a reunião, Aguilera mostrou a importância da constituição do Núcleo de Educação indígena com profissionais das três etnias, capacitados e eleitos em assembléia pela comunidade indígena.

“Esse núcleo foi uma conquista para todos nós educadores indígena e para a comunidade em geral. Estamos confiantes que para melhorar a qualidade da educação dentro da Reserva temos que começar a planejar o ano letivo e capacitar nossos profissionais para que possamos ter, à longo prazo, uma educação que todo índio merece”.

###Ensino Médio
Na segunda-feira passada, dia 28 de janeiro, o vereador Aguilera de Souza (PSDC) se reuniu com a secretária do estado de educação, professora Nilene Badeca, para discutir melhorias na educação da Reserva Indígena de Dourados.
Durante a reunião foram discutidos a reforma e ampliação da escola Marçal de Souza – Guateka, a construção de uma escola de ensino médio e o estabelecimento de turmas de Ensino de Jovens e Adultos (EJA) no período noturno na escola Guateka na aldeia Bororó e no Panambizinho.

###Ara Verá
Por saber da importância do curso Ara Verá, o vereador pediu mais apoio pedagógico e a sua reestruturação. O Curso é na modalidade Normal em Nível Médio para a Formação de Professores Guarani/Kaiowá, oferecido pela Secretaria de Estado de Educação, em parceria com municípios e universidades.

“Como vereador quero garantir o fortalecimento da educação escolar específica, diferenciada, intercultural, valorizando as contribuições das comunidades indígenas no conhecimento”, disse Aguilera.

Durante a reunião Aguilera ouviu da secretária que há a possibilidade de implantação do programa Projovem. A idéia é destinar as vagas para os alunos maiores de 16 anos, que ainda não concluíram o ensino fundamental para que aprendam uma profissão e se preparem para o mercado de trabalho. E cobrou também a construção de uma escola de ensino médio na Aldeia Bororó.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Combate ao coronavírus poderá ter R$ 2 bilhões do Fundo Eleitoral
COVID-19
Consumo frequente de bebidas alcoólicas durante isolamento pode piorar sintomas da ansiedade e da depressão
SUSPENSÃO
STF autoriza Mato Grosso do Sul a usar parcelas da dívida com a União contra o Covid-19
DOURADOS
Jovem tem moto furtada em frente a residencial na Rua Manoel Santiago
COVID-19
Médico reforça que Dourados ainda não tem caso nativo do novo coronavírus
NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS
Imobiliária em Dourados, como encontrar a melhor?
COMER BEM
Promoções antecipadas e atendimento On-line Cacau Show
COVID-19
3.477 foram infectados e 93 pessoas morreram no Brasil, dizem estados
Educação
Cursos profissionalizantes oferecidos em abril em dourados
DOURADOS
Briga de vizinhos acaba na delegacia

Mais Lidas

COVID-19
Saúde confirma coronavírus para mulher internada em Dourados e casos chegam a 28 em MS
PANDEMIA
Bebê de três meses é novo caso confirmado de coronavírus em MS
DOURADOS
Sindicato emite nota e diz que empregados foram obrigados a participar de ato
BATAYPORÃ
Paciente com suspeita de coronavírus é internada em estado grave em Dourados