Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Educação especial indígena de Dourados é destaque nacional

01 fevereiro 2010 - 16h51

O município de Dourados ganhou destaque em todo o país com a divulgação do projeto de educação inclusiva nas aldeias por meio da alfabetização de índios surdos. O projeto do Núcleo de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação está sendo mostrado pelo MEC (Ministério da Educação) durante os intervalos das emissoras de TV, dentro da campanha publicitária do governo federal intitulada “Brasil um País de Todos”.
No vídeo, o MEC destaca o projeto piloto da Reserva Indígena de Dourados como um dos grandes avanços da educação brasileira. A iniciativa que deve ser levada para índios deficientes de outras aldeias do país é parte de um trabalho social iniciado em 2006, como explica a idealizadora do projeto e coordenadora do Núcleo de Educação Especial, Elza Correa Pedrozo.
Segundo ela, a partir do levantamento do número de índios deficientes que não tinham qualquer forma de comunicação, foi elaborado um sistema de educação diferenciado aos portadores de deficiência auditiva. A professora conta que desde o início, a ideia foi garantir a essas crianças e adolescentes indígenas o direito à educação, de maneira que eles se sentissem inseridos em suas comunidades.
Com a formação continuada de professores intérpretes em Libras (Língua Brasileira de Sinais), estes profissionais foram lotados nas escolas das aldeias para complementar o trabalho dos professores do ensino regular.
Entre os índios já em processo avançado de alfabetização está a terena Jéssica. A estudante do ensino fundamental aparece no vídeo do MEC dizendo através da linguagem de sinais que está muito feliz por frequentar uma sala de aula da escola regular e por saber que na aldeia há igualdade no atendimento educacional aos índios surdos.
Elza Pedrozo relata que o vídeo do governo federal, divulgando o projeto dos índios surdos em Dourados, é resultado de uma pesquisa feita pelo MEC em todo o país e que analisou as melhores experiências de inclusão escolar nas instituições de ensino regular.
“Entre os estados representados por suas capitais, Mato Grosso do Sul foi o único a ter uma cidade do interior selecionada em função do trabalho que vínhamos realizando. Isso pra nós é muito gratificante, já que desta vez Dourados aparece na mídia nacional trazendo uma notícia de impacto positivo”, destacou.
A coordena do Núcleo de Educação Especial do município disse também que esse projeto vai servir de modelo da educação indígena inclusiva para todo o Brasil, como relataram os técnicos do MEC durante a visita a Dourados.

ATENÇÃO ÀS ALDEIAS
Para a secretária de Educação, Marlene Vasconcelos, isso demonstra o compromisso da administração municipal com a educação da população indígena. “Estamos investindo não somente na educação dos índios com deficiência, mas no atendimento à comunidade como um todo”, frisou.
Marlene esclareceu que desde o início da atual administração, a atenção aos guarani-kaiowá e terena de Dourados tem assegurado a efetivação de uma série de medidas para melhoria do nível educacional nas aldeias.
“Conseguimos, além deste projeto dos índios surdos, garantir o transporte gratuito com ônibus adaptados para transportar os alunos da Reserva Indígena que são atendidos pela Apae [Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais]. Também concentramos os esforços nas obras de melhoria da estrutura das escolas das aldeias, com a construção, reforma e ampliação e ainda a contratação e capacitação de novos profissionais para atender os estudantes indígenas”, acrescentou a secretária.
Com a maior reserva indígena do país em índice populacional, Dourados oferece atualmente o ensino em Libras por meio dos professores intérpretes em todas as escolas das aldeias. O projeto também se estende as demais instituições que compõem a Reme (Rede Municipal de Ensino).

Deixe seu Comentário

Leia Também

BANDEIRA TARIFÁRIA
Conta de luz não terá cobrança extra até o fim do ano, informa Aneel
BR-262
Veículo furtado na Bahia é recuperado durante barreira sanitária
LADÁRIO
Liminar derruba decreto que previa orações e jejum na pandemia
ESTRELA DO SUL
Adolescente planta maconha no quintal da avó e acaba apreendido
SENTENÇA
Justiça determina que morador cumpra regras de construção de condomínio
COVID-19
Senado aprova requisição obrigatória de leitos privados pelo SUS
AGRESSÕES
Após ordem judicial, “Pedreiro Assassino” é transferido para Instituto Penal
AVANÇO DA PANDEMIA
Brasil registra 1.039 mortes por Covid-19 em 24 horas e total chega a 24,512
JUSTIÇA
Consumidor será indenizado por protesto de débito já quitado
SAÚDE
Sul-Mato-Grossense Aracy Balabanian é internada com insuficiência respiratória

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dois meses após decreto de emergência, Dourados confirmou 127 casos de Covid-19
PANDEMIA
Número de pacientes internados por coronavírus em Dourados sobe 50% em 24h