Menu
Busca segunda, 12 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Dourados terá o Banco de Leite mais moderno do País

05 setembro 2005 - 10h45

Dourados terá, até o final do ano, o primeiro Banco de Leite Humano do município e um dos mais modernos do País, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Anvisa. O convênio para a implantação do projeto foi firmado em outubro entre a maternidade do Hospital da Mulher, sob coordenação do médico ginecologista, Antônio Marinho Falcão Neto, e Secretaria de Estado de Saúde. Agora a fase é de compra de equipamentos e capacitação dos profissionais.Para a Secretária Municipal de Saúde, Maria de Fátima Metelaro, o Banco de Leite é mais um avanço para a Saúde de Dourados e um importantíssimo trabalho para fortalecimento do aleitamento materno que poderá ser feito em parceria com os programas do município. "É um avanço no cuidado com as crianças e uma garantia para a conquista da vida", destacou.Segundo a Coordenadora do Programa Saúde da Mulher da Prefeitura, enfermeira Grace Reiter Chedid, o estímulo à amamentação já é feito pelas equipes do Programa Saúde da Família - PSF, mas a idéia é fazer com que os profissionais sejam agentes captadores de doadores de leite. "Por isso, o importante trabalho das equipes que vão de casa em casa sensibilizar as mães sobre a importância do pré-natal e agora da doação", disse.Todas as Unidades Básicas de Saúde de Dourados já incentivam o aleitamento materno até, no mínimo, os 6 primeiros meses de vida da criança. As mães também recebem orientações sobre a amamentação das equipes do PSF e durante o acompanhamento do pré-natal realizado em todas as Unidades.Os bancos de leite humano funcionam para garantir a alimentação adequada a bebês prematuros ou com algum problema de saúde que não conseguem se alimentar diretamente no seio materno. O período de dependência em relação ao banco de leite pode variar de dias a meses, conforme o peso de nascimento e as condições de saúde. Quando o leite chega ao banco, passa por um rigoroso controle de qualidade. O primeiro passo é a pasteurização, que elimina bactérias e vírus. Depois disso, o alimento é congelado e submetido a um teste de controle microbiológico, para checar a efetividade da pasteurização. Só depois de aprovado nessa última fase, o leite é liberado para consumo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem sofre tentativa de homicídio na região do Parque do Lago II
DOURADOS
Homem sofre tentativa de homicídio na região do Parque do Lago II
ECONOMIA
Senadora Soraya Thronicke reforça retomada do setor de eventos de MS
Ambiental captura gambá em residência no bairro Vila Cachoeirinha
DOURADOS
Ambiental captura gambá em residência no bairro Vila Cachoeirinha
ESCALADA DA PANDEMIA
Brasil registra mais 1.824 mortes por Covid-19 e chega a 353,3 mil
CORUMBÁ
Mulher pede para marido prender cachorros e é agredida com coleira
Médicos e policiais fazem mobilização sobre novas regras de trânsito
SIDROLÂNDIA
Após bebedeira, homem bate em filho e é esfaqueado pela esposa
BRASIL
Exército confirma 1ª morte de um militar da ativa vítima da Covid-19
FUTEBOL
Dourados volta a vencer Águia Negra e fecha fase na liderança
CORONAVÍRUS
Ator Paulo Gustavo segue internado e boletim diz que situação é crítica

Mais Lidas

HOMICÍDIO
Jovem é morta com tiros de escopeta em Itaporã
DOURADOS
Motociclista tem suspeita de fratura nas pernas após ser atingido por carro
ITAPORÃ
Jovem morta com tiros de escopeta tinha passagem por tráfico de drogas
PANDEMIA
Covid mata 11 pessoas em Dourados em dia de 149 novos casos