Menu
Busca quarta, 08 de julho de 2020
(67) 99659-5905
SAÚDE

Dourados tem 6 mil pacientes na fila de espera por exame de raio-X

22 julho 2019 - 08h57Por André Bento

Uma investigação instaurada pelo MPE-MS (Ministério Público Estadual) constatou que mais de 6 mil pacientes aguardam pela realização de exame de raio-X em Dourados. Com o equipamento do PAM (Posto de Assistência Médica) inativo pelo menos desde 2018, autoridades municipais e estaduais agendaram para o próximo dia 6 de agosto uma reunião com objetivo de solucionar esse problema.

O Dourados News apurou que nesse encontro, uma das alternativas em debate será a utilização da estrutura do Hospital Regional de Cirurgias da Grande Dourados para atender a demanda represada. Contratado para administrar a unidade hospitalar pelos próximos seis meses por R$ 4.296.000,00, o Instituto Acqua (Ação, Cidadania, Qualidade Urbana e Ambiental), foi convocado.

Nesta segunda-feira (22), a 10ª Promotoria de Justiça de Dourados tornou pública a conversão de Procedimento Preparatório aberto em 2018 para Inquérito Civil com objetivo de aprofundar as investigações. Esse procedimento tramita sob o número 06.2019.00000005-2.

Até agora, o MPE já constatou que em maio deste ano 3.746 pacientes do município e da região aguardavam para realização de exames de raio-X. Contudo, durante inspeção ministerial ocorrida no dia 9 de julho no Posto de Saúde Seleta, foi descoberto que esse número agora já “ultrapassa o montante de seis mil pacientes”.

A investigação começou em agosto de 2018, quando uma paciente denunciou a ausência desse exame no PAM. Somente no dia 5 de fevereiro deste ano a Secretaria Municipal de Saúde sugeriu como alternativa a celebração de Termo de Cooperação com o Estado do Mato Grosso do Sul, com a finalidade de realizar os exames no Hospital Regional de Cirurgias Eletivas.

Responsável pela gestão dessa unidade hospitalar naquela época, o Gamp (Grupo de Apoio à Medicina Preventiva e a Saúde) esclareceu que a oferta do exame de raio-X não estava prevista no contrato firmado com o governo estadual, mas informou que sua estrutura estaria à disposição do município caso houvesse autorização da Secretaria Estadual de Saúde.

Em junho, porém, houve ruptura contratual do Grupo Gamp, “o que pode vir a frustrar a solução temporária outrora apresentada”, conforme avaliação do MPE, que agora a reunião agendada para o próximo mês, entre representantes da Secretaria Estadual de Saúde, Secretaria Municipal de Saúde e com o presidente do Instituto Acqua, para definir os rumos do procedimento.

Procurada pelo Dourados News na manhã desta segunda-feira, a secretária municipal de Saúde, Berenice Machado de Souza, informou que já foi definida a realização de mutirão no Hospital da Vida para atender os pacientes na fila de espera pelo exame de raio-X. Segundo ela, as solicitações de cooperação feitas durante quatro meses ao Hospital Regional de Cirurgias nunca foram respondidas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
MPE cita gestão municipal precária e intervém na entrega de EPIs doados a profissionais de saúde
MS-379
Veículo com ocorrência de furto é apreendido com mais de 700 kg de maconha
CAMPO GRANDE
Jiboia de quase 3m é capturada em obra do Aquário do Pantanal
PRAÇA ANTÔNIO JOÃO
Irmãos são abordados por trio e perdem celular e dinheiro
DOURADOS
Mulher tem carro furtado na Vila Cuiabá
PANDEMIA
Idosa morre no HU e Dourados chega ao 38º óbito por coronavírus
ACIDENTE
Jovem tem suspeita de fratura após colidir contra caminhão no centro de Dourados
CORUMBÁ
Homem é encontrado morto próximo a bar
DOURADOS
Temperatura despenca quase 18 graus e previsão aponta mínima de 4ºC
ECONOMIA
Petrobras anuncia reajuste de 5% para a gasolina nas refinarias

Mais Lidas

DOURADOS
Acusado de matar secretário pode ter tido surto de esquizofrenia
BR-163
Casal que morreu ao bater em carreta morava em Campo Grande
PANDEMIA
Dourados confirma mais três óbitos por coronavírus e ultrapassa 3 mil casos
PANDEMIA
Comerciante de 45 anos é a 37ª vítima do coronavírus em Dourados