Menu
Busca quinta, 28 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

Dourados registra o final de semana mais violento do ano

30 março 2008 - 16h42

Dourados teve o final de semana mais violento do ano. Ontem, três pessoas foram assassinadas e hoje, mais uma. Outras duas pessoas saíram feridas e somente uma pessoa foi presa.
No final da tarde de hoje, morreu com um tiro na nuca, Marcelo Ortiz Gonzáles, de 23 anos . Ele estava em uma bicicleta na rua José de Alencar, na Chácara dos Caiuás, quando foi abordado por duas pessoas identificadas até agora como “Dezoito” e "Dengo” que desferiram os tiros matando a vítima.
Marcelo era morador na Vila Aidê e foi executado com um tiro no peito que transfixiou as costas. O crime aconteceu na rua José de Alencar, na Chácara dos Caiuás. A polícia está no local, onde é grande o tumulto. A vítima caiu morta em frente da casa de uma família.

Os outros homicídios
O primeiro a ser morto ontem em Dourados foi Ivo Cardoso dos Santos, de 28 anos. O corpo dele foi encontrado dentro de uma Belina estacionada na frente de um bar no Jardim Guanabara. Esse crime aconteceu na final da manhã de ontem e pode ter sido passional, segundo a Polícia.

Ele foi atingido no braço direito e no ombro. Os projéteis transfixaram o antebraço e o peito. O suspeito teria um caso amoroso com a esposa da vítima.

Ainda à tarde foi morto Ronaldo Nunes da Silva, de 33 anos. Ele estava em um bar no Jardim Piratininga junto com Maurílio Ribeiro, conhecido como “Lólo”, quando iniciou-se uma briga por causa de uma dívida de R$ 5.

A dívida era de Maurílio com Aparecido Sipriano, de 22 anos, que foi preso pela PM. No entanto, a briga envolveu Ronaldo e também “Marcelo Neguinho”, que foi o autor dos tiros e golpes de facas que resultaram no homicídio.

Aparecido tentou matar Maurílio e ao ser preso disse que não se arrepende e que se tiver outra oportunidade irá matá-lo. Maurílio está internado no Hospital de Urgência e Trauma.

No mesmo hospital está Juliana Palhano Marquezolo, de 18 anos. Ela foi atingida na mão direita quando caminhava com o marido, Joel Lima Neto, de 21 anos, pela Rua S-8, no Parque das Nações II. Joel foi atingido na mão esquerda. O projétil transfixiou a mão, atingiu a orelha, entrou na cabeça e saiu na nuca. Ele morreu na hora.

Os tiros foram disparados pelo passageiro de uma motocicleta. Ainda não se sabe o motivo do crime. Esse terceiro crime aconteceu na noite de ontem.
Além dos assassinatos em Dourados, morreu ontem à noite na Reserva Indígena o adolescente Euclides Martins Riquele, de 14 anos, depois de colidir a bicicleta em uma carroça.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Condutor de caminhonete que "roletou" preferencial levava o avô para fazer exame
DOURADOS
Condutor de caminhonete que "roletou" preferencial levava o avô para fazer exame
BRASIL
Câmara: votação da PEC dos precatórios pode ocorrer na próxima semana
DOURADOS
Três alunos testam positivo para a Covid-19 e escola suspende aulas por sete dias
Caminhonete 'roleta' preferencial e causa acidente envolvendo mais cinco carros
DOURADOS
Caminhonete 'roleta' preferencial e causa acidente envolvendo mais cinco carros
Serpente peçonhenta é capturada em residência
MIRANDA
Serpente peçonhenta é capturada em residência
FERIADO
PMR intensificará fiscalização em rodovias de MS durante feriado
MEIO AMBIENTE
Tucano encontrado às margens de rodovia é devolvido à natureza
COMPETIÇÃO
Representantes de Dourados embarcam hoje para os Jogos Escolares Brasileiros
REGIÃO
Mulher é libertada de cárcere e companheiro preso em flagrante por violência doméstica
DOURADOS
Saiba quem tem direito e como fazer a inscrição de isenção da Taxa do Lixo

Mais Lidas

DOURADOS
Jovem formou consórcio com amigos para comprar e usar ecstasy em festas
LAGUNA CARAPÃ
Motorista morre prensado ao tombar caminhão na MS-379
DOURADOS
Jovem que se formou há dois meses é presa com ecstasy no Parque Alvorada
DOURADOS
Jovem negro e com tatuagem "Jesus Cristo", vítima fatal de acidente ainda não foi identificada