Menu
Busca terça, 21 de setembro de 2021
(67) 99257-3397

Dourados precisa acordar e exigir segurança pública

03 setembro 2014 - 08h10

Bangue-bangue

Enquanto as autoridades locais se preocupam com o momento político-eleitoral ou priorizam contatos, fora do município, com empresários de ramo de negócios já fadado à falência, a segunda mais importante cidade do interior de Mato Grosso do Sul vai vivendo o dilema da insegurança e do medo.

Realidade

Editorial desta quarta-feira do Dourados News escancara a realidade do cidadão douradense, obrigado a conviver com cenas de violência, todos os dias. São assaltos à mão armada, roubos, tráfico e assassinatos, um após outro. Os marginais estão soltos e os cidadãos de bem presos nas próprias casas.

Reagir, já

É passada a hora de Dourados se levantar contra esta situação que atormenta seus moradores. Autoridades, do executivo, legislativo e judiciário, precisam se mexer e cobrar de quem dê direito pela segurança da população.

Insensível

O Governo não pode continuar dando as costas para a segunda cidade do Estado. É preciso reforçar o contingente policial e dar aos agentes de segurança condições dignas de trabalho. Não é possível que um governo experimentado não tenha a sensibilidade e capacidade para medir o grau de insegurança do povo.

Choro

Governador vir chorar em público durante ato político não sensibiliza mais ninguém, muito menos pais de famílias que diariamente perdem seus filhos para o crime. Ou Dourados acorda para a vida, ou segue refém do choro e da dor. Mexa-se é a palavra!

Maior abandonado

O candidato do PMDB à sucessão estadual, Nelson Trad Filho, que já não estaria recebendo o apoio esperado de segmentos do próprio partido, pode ter sofrido um revés decisivo para sua campanha. Ontem, a executiva nacional do PSB, aliado no Estado, confirmou que a candidata Marina Silva não manifestou apoio ao peemedebista em MS.

Saudações

Antes, a Rede Sustentabilidade, fundado por Marina Silva, já havia confirmado que a presidenciável do PSB realmente se encontrou com Nelsinho em evento realizado semana passada no interior de São Paulo, mas o contato não passou de “saudações respeitosas”. Diz a nota que “não foi selado nenhum compromisso mútuo entre os candidatos”. Na ocasião, Nelsinho teria entregado a Marina uma cópia de seu plano de governo.

Sem elo

A nota diz ainda que “o elo estadual da Rede sul-mato-grossense também não apoia a candidatura de Nelsinho Trad ao governo” de Mato Grosso do Sul. Por elo estadual da Rede leia-se Tatiana Ujacow, que foi vice de Zeca do PT na disputa pelo Governo do MS em 2010 e a quem Murilo Zauith, presidente estadual do PSB, teria passado a responsabilidade dos entendimentos pertinentes à aliança com o PMDB no Estado.

Promessas...

Enquanto isso, candidatos a deputado estadual, principalmente, seguem prometendo o que não farão, nunca. Nos programas eleitorais, assumem como propostas de trabalho ações que são exclusivas do poder executivo. Ou seja, estão vendendo ao eleitor algo que não podem entregar. Desconhecimento de causa ou má fé?
...

Comentários, críticas e sugestões: cafeamargocoluna@gmail.com

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso com carro roubado no RJ que seria levado para a Bolívia
Homem é preso com carro roubado no RJ que seria levado para a Bolívia
IFA
Fiocruz recebe na quarta insumos para produzir 5,2 milhões de doses
NOVA ANDRADINA
Homem é preso pela após agredir esposa durante discussão
BRASIL
Governadores dizem que alta na gasolina é 'problema nacional'
Idoso morre após 1 mês internado e família procura ciclista suspeito
Idoso morre após 1 mês internado e família procura ciclista suspeito
REGIÃO
Mais Social: beneficiários já podem utilizar créditos nesta terça-feira
Mulher finge dormir e flagra marido estuprando neta de 9 anos
ESTADOS UNIDOS
Presidente Bolsonaro se reúne com primeiro-ministro britânico nos EUA
PEDRO JUAN
Irmãos executados na fronteira foram vítimas de fugitivo de presídio
DOURADOS
Vereadores aprovam programa de regularização de edificações

Mais Lidas

DOURADOS
'Buguinha' é presa e diz que matou caseiro por legítima defesa
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
DOURADOS
Envolvida em execução de detetive é presa novamente em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina