sexta, 14 de junho de 2024
Dourados
32ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Dourados ganha pesquisas na Agricultura e Meio Ambiente

04 novembro 2004 - 13h56

A Pró-Reitoria de Pesquisa e  Pós-Graduação da Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal (Uniderp) aprovou esta semana quatro novos projetos de pesquisas que serão desenvolvidos em Dourados por docentes da FAD/Uniderp. Todos eles são oriundos do curso de Agronomia e voltados para a área da Agricultura e Conservação Ambiental. O primeiro deles será sobre a Florística e propriedades medicinais da flora do cerrado da região de Dourados, que tem coordenação da professora Zefa Valdivina Pereira e a colaboração do professor, Cezesmundo Ferreira Gomes.A Eficiência de produtos alternativos no tratamento de sementes de algodão submetido a manejo orgânico para o controle de microorganismos fitopatogênicos causadores de tombamento, também foi aprovada e terá a coordenação do professor Milton Parron Padovan e colaboração de Héber Ferreira dos Reis, Cezesmundo Ferreira Gomes, Lilian Maria Arruda Bachi e Fernando Mendes Lamas. A terceira pesquisa tratará do Comportamento da cultura da mandioca no município de Dourados, num sistema sob transição para manejo orgânico, com coordenação do professor Auro Akio Otsubo e colaboração de Milton Parron Padovan e Héber Ferreira dos Reis.A quarta pesquisa será sobre Avaliação de clones de mandioca industrial nas condições edafoclimáticas do vale do Ivinhema, com coordenação do professor Celso de Souza Martins e colaboração de Auro Akio Otsubo e Milton Parron Padovan.Segundo o coordenador do curso de Agronomia da FAD/Uniderp, Milton Parron Padovan, o objetivo da Instituição é contribuir, efetivamente, com os produtores da região para que tenham acesso às informações tecnológicas de baixo custo, para a melhoria da produção. "Dessa maneira, a Universidade cumpre, mais uma vez, seu papel social com a comunidade  sul-mato-grossense, de gerar tecnologia apoiando o desenvolvimento da produção agropecuária de forma organizada e sustentável", destacou.Os quatro projetos de pesquisas que serão desenvolvidos em Dourados pela FAD/Uniderp terão como parceiros a Embrapa Agropecuária Oeste, o Idaterra, a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e da Fundação de Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA

IBC-Br: atividade econômica cresce 0,01% em abril

Cheiro denuncia e motorista é preso com mais de 160kg de maconha em veículo
TRÁFICO

Cheiro denuncia e motorista é preso com mais de 160kg de maconha em veículo

LEGISLATIVO DE MS

Proposta versa sobre inserção dos jovens no mercado de trabalho em MS

Não é só gotinha: entenda como funciona a vacinação contra a pólio
IMUNIZAÇÃO

Não é só gotinha: entenda como funciona a vacinação contra a pólio

Jeep roubado no Rio de Janeiro é recuperado em MS
POLÍCIA

Jeep roubado no Rio de Janeiro é recuperado em MS

DOURADOS

Fortalecimento do SUAS foi tema de audiência pública realizada na Câmara

BRASIL

Produção industrial recua em cinco dos 15 locais pesquisados em abril

TRÁFICO

Polícia apreende em Itaquiraí droga que seria entregue em Santa Catarina

ANASTÁCIO

MPMS oferece denúncia contra policiais militares suspeitos pela morte de ex-vereador

BRASIL

Pacheco diz que projeto do aborto "jamais iria direto ao plenário"

Mais Lidas

DECISÃO

Mesmo sem duplicação de pontos críticos, pedágios da BR-163 aumentam a partir desta sexta-feira

VENDA DE ALIMENTOS

Ministério Público pede fechamento de cantinas em presídios de MS

LUTO

Policial civil sofre infarto no trabalho e morre em hospital de Dourados

DOURADOS

Com investimento de quase R$ 4,5 milhões, asfalto no Altos do Indaiá tem ordem de serviço autorizada