Menu
Busca quarta, 23 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS 84 ANOS

‘A Dourados dos nossos sonhos a gente constrói todos os dias’, diz presidente da Câmara

20 dezembro 2019 - 09h00Por André Bento

Advogado e bacharel em relações internacionais, aos 33 anos Alan Guedes assegura estar pronto para viver em qualquer lugar que seja preciso no mundo. Mas sua escolha é Dourados, terra natal que atualmente serve na condição de vereador. Em seu segundo mandato, pelo DEM (Democratas), é o atual presidente da Câmara de Vereadores.

Nesse aniversário de 84 anos de emancipação político-administrativa do município, o chefe do Legislativo celebra o fato de aqui ter nascido, sido criado, estudado e se tornado escoteiro. Casado e pai de dois filhos, garante que quer ajudar a construir uma Dourados ideal não só para os seus, mas para os filhos de todos os douradenses.

“A Dourados do nosso sonho a gente constrói todo dia. Vivemos em uma cidade muito bonita. O melhor lugar para vivermos é a nossa terra, nossa cidade, onde temos condições de trabalhar, de criar nossa família, todo mundo junto, com respeito, cidadania, ativismo”, pondera.

Pela formação acadêmica que tem e autodeclarado internacionalista, garante que para onde o mandarem está pronto para ir. Então por que Dourados?

“Dourados é minha vida. É difícil falar de algo que você ama tanto. Tenho na memória minha infância no 3º Plano. Minha Dourados era aquele pedaço, onde eu tinha passe livre da minha mãe e do meu pai para andar da Rua Iguassu até a Hayel Bon Faker, até a Igreja São Carlos pela Hayel Bon Faker, e pela João Cândido Câmara até o Ceper. Isso faz a gente criar identidade com esses lugares. Tudo gira em torno do que a gente viveu na cidade”, detalha.

Ao longo das graduações acadêmicas, chegou a passar períodos fora do Brasil em intercâmbio para estudos, mas garante que sempre manteve as raízes aqui, sobretudo pela vocação para política. Foi candidato pela primeira vez em 2006, a deputado estadual. Desde 2013, é vereador e encara o desafio como um servidor de Dourados.

“O meu trabalho aqui na Câmara sempre foi no sentido de tentar construir essas pontes que a política tanto exige, porque eu acredito muito na força do diálogo. Para Dourados crescer, precisa de uma união de esforços muito grande. Ninguém faz nada sozinho. O agente político depende na ponta do servidor, porque quando o cidadão chega numa unidade de saúde ou na escola, naquele momento, para o cidadão, o servidor é o município”, pontua.

Eleito presidente da Câmara num momento conturbado da política local, em dezembro de 2018, Alan Guedes lembra que entrou na disputa como parte de um projeto de oito vereadores para marcar posicionamento político.

“É um grupo super homogêneo, mas heterogêneo do ponto de visa ideológico. Por exemplo o vice-presidente é o vereador Elias Ishy, do PT, com quem travei aqui na Câmara muitos debates ideológicos com relação a posicionamento político e isso nunca nos fez perder o respeito, tanto que hoje ele é o vice-presidente da Câmara e tem sido um companheiro na administração da Casa”, destaca, acrescentando que o hoje deputado estadual Marçal Filho (PSDB), à época vereador, “foi a liga que manteve o grupo unido”.

Alan reconhece o peso da responsabilidade assumida aos 33 anos. “Isso, é claro, gera um receio, porque de fato a Câmara de Dourados, se fosse um município, seria maior do que 80% dos municípios do Estado, pela sua receita, quantidade de servidores. Mas tem sido, antes de tudo, um desafio encantador. Não foi um ano fácil, tivemos inúmeras dificuldades, mas estamos terminando o ano de pé”, garante.

Ele ressalta ainda que o grupo de apoio à prefeita Délia Razuk no Legislativo nunca o viu como um adversário e esse respeito mútuo é fundamental para desenvolver Dourados. “Quanto mais dialogar, mais setores da sociedade ouvir, melhor vai ser sua representação. Recebemos aqui inúmeras categorias do funcionalismo público, entidades da sociedade civil organizada com pleitos. A Câmara tem sido esse elo entre a sociedade e o poder público”, assegurou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Menina de 7 anos sofreu ferimento no rosto ao cair de muro, diz polícia
AJUDA NA PANDEMIA
Câmara aprova auxílio emergencial para trabalhadores do esporte
CASSILÂNDIA
Motorista é preso após entrar na contramão, atropelar ciclista
EDUCAÇÃO
Unidade 1 da UFGD está atendendo, de forma restrita, pela recepção
GREVE
Funcionários dos Correios acatam decisão judicial e voltam ao trabalho
EDUCAÇÃO
UEMS prorroga até esta quarta-feira a eleição da Comissão Permanente
SAÚDE
Justiça libera recursos para compra de medicamento para o bebê Írio
PONTA PORÃ
Polícia Federal apreende 42 quilos de cocaína na região de fronteira
CAMPO GRANDE
Cabeleireiro encontrado em córrego sofria de depressão e deixa filha de 12 anos
JUDICIÁRIO
Vendedores de imóvel devem restituir valor da entrada de contrato rescindido

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista bêbado atropela cinco pessoas que voltavam da igreja no Novo Horizonte
DOURADOS
Após bebedeira, homem é assassinado por “dar em cima” de esposa do acusado
DOURADOS
Motorista que fez 'strike' e atropelou cinco no Novo Horizonte é levado à PED
DOURADOS
Carro carregado com calhas capota após colisão e mulher fica ferida