Menu
Busca domingo, 09 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Dourados debate Escola Técnica na sexta

16 fevereiro 2011 - 08h26

deputado federal Marçal Filho (PMDB) realiza nesta próxima sexta-feira, a partir das 17h, na Câmara Municipal de Vereadores de Dourados, uma audiência pública sobre a implantação da Escola Técnica Federal no município dentro do Plano de Expansão do Ensino Técnico do Ministério da Educação. A audiência pública que definirá os cursos oferecidos pela Escola Técnica Federal de Dourados contará com a presença do reitor do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), Marcus Aurélius Serpa.

A audiência pública deverá debater com a sociedade organizada, entre outros assuntos, quais os cursos implantarem baseando-se na vocação e na necessidade da região da Grande Dourados. "Os cursos técnicos podem ser mais importantes do que muitos cursos universitários porque geram emprego e renda e impulsionam o desenvolvimento do município", ressaltou Marçal Filho.

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Dourados (Aced), Antônio Freira disse que apesar dos escândalos políticos, nossa cidade vive um momento histórico de geração de emprego e desenvolvimento. "Só não está empregado quem não quer ou não tem qualificação profissional. A escola técnica será um incentivo a mais para atração de novas empresas", declarou Freire, sugerindo que a escola seja implantada numa área próxima da cidade para facilitar o acesso dos alunos.

Marçal espera reunir na Câmara de Vereadores representantes de vários segmentos da sociedade, como representantes do comércio, da industria textil, da construção civil, de usinas sucroenergéticas, do Sistema "S", além do ensino público e privado.

O deputado espera repetir o sucesso da última reunião que fez, em seu gabinete em Dourados, quando juntamente com a sociedade organizada estabeleceu a pauta da audiência pública dessa sexta-feira.

Dourados será contemplada ainda este ano com uma escola técnica federal. A instituição de ensino profissional contará com 60 professores e mais 45 técnicos administrativos, para atender cerca de 1500 alunos. Serão investidos entre R$ 5 milhões e R$ 7 milhões, para a implantação da escola, o custeio anual de R$ 1,5 milhão. Para a implantação do projeto é necessária uma área de no mínimo 7 hectares e meio.

O município já está estudando algumas áreas na cidade, que poderão ser cedidas para a implantação da Escola Técnica Federal. Um dos locais está situado próximo a 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada. A prefeitura também cogitou a possibilidade de a Escola Técnica Federal ser instalada na mesma área que foi construída a Escola Agrícola, no trevo de acesso ao distrito do Panambi, onde funciona atualmente somente o Ensino Fundamental.

"É importante ouvir os setores produtivos neste momento de definição dos cursos, mesmo porque são eles que devem apontar as necessidades na formação de mão-de-obra especializada de nossa região", enfatizou Marçal Filho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Técnico Enderson Moreira é internado em MG após princípio de infarto
GERAL
Técnico Enderson Moreira é internado em MG após princípio de infarto
PANDEMIA
Como fazer suas compras de mantimentos de forma segura
PANDEMIA
Covid-19: o que fazer com as compras quando chegar em casa
CPI
CPI mira vacinas em audiências com Anvisa e Pfizer
Comissão debate representatividade política das pessoas com deficiência
DIREITOS HUMANOS
Comissão debate representatividade política das pessoas com deficiência
POLÍTICA
Pauta do Plenário tem três MPs, Loteria da Saúde e proibição de reajuste de medicamentos
SAÚDE
Pesquisa mostra aprofundamento de desigualdades na infância
GERAL
Explosão de gás destrói restaurante em Belém
ASTRAZENECA
Ministério da Saúde anuncia distribuição de doses para próxima segunda
POLÍTICA
Secretaria da Mulher debate situação das domésticas na pandemia

Mais Lidas

DOURADOS
Adolescentes flagrados em festa 'entregam' distribuidora que vendeu bebidas alcoólicas
BR-163
Colisão entre viatura e carreta termina com policial ferido
ACIDENTE
PRF diz que policial saiu andando de viatura após colisão com carreta
BR-163
Viatura da PRF estava com apenas um ocupante quando colidiu contra carreta